Al Qaeda assume onda de atentados a bomba no Iraque

No total, 16 carros-bomba e outros ataques sacudiram o Iraque no sábado, fazendo deste Ramadã um dos mais sangrentos na história recente do país
 

Uma ramificação do grupo extremista Al Qaeda assumiu a responsabilidade pela onda de atentados a bomba no sábado (10) que matou mais de 60 pessoas e feriu mais de 200 em várias regiões do Iraque, disse nesta segunda-feira (12) um grupo de monitoramento do terrorismo.

 

De acordo com o Site – grupo baseado nos Estados Unidos que monitora mensagens de militantes – os ataques são de autoria do Estado Islâmico no Iraque e do Levante (Isil, da sigla em inglês), formado neste ano pela fusão de filiais da Al Qaeda no Iraque e na Síria. O Isil postou comunicado assumindo os ataques em fóruns religiosos na internet.

 

No sábado, um total de 12 carros-bomba explodiu em Bagdá, capital iraquiana, tendo como alvos mercados, restaurantes e cafés, matando mais de 30 pessoas e ferindo mais de cem, quando os iraquianos estavam celebrando o fim do Ramadã, o mês sagrado dos muçulmanos.

 

No total, 16 carros-bomba e outros ataques sacudiram o Iraque no sábado, fazendo deste Ramadã um dos mais sangrentos na história recente do país. O Iraque está passando por uma das piores ondas de violência dos últimos cinco anos.

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.