ONU discute pela primeira vez combate à violência contra comunidade LGBT

A reunião será presidida pelo ministro de Assuntos Estrangeiros dos Países Baixos, Frans Timmermans, e pela Alta Comissária das Nações Unidas para Direitos Humanos, Navi Pillay
 

LGBTO ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, participa hoje (26), na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, da Reunião Ministerial sobre o Papel das Nações Unidas para a Eliminação da Violência e da Discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT). É a primeira vez que ministros se reúnem na ONU para debater e compartilhar ideias sobre o enfrentamento à violência e à discriminação contra a comunidade LGBT no mundo.

 

 

Na ocasião, será adotada a Declaração Ministerial sobre a Eliminação da Violência e da Discriminação contra indivíduos com base em sua orientação sexual e identidade de gênero, endossada pela Argentina, o Brasil, a Croácia, El Salvador, os Estados Unidos, a França, Israel, o Japão, a Noruega, Nova Zelândia, os Países Baixos e a União Europeia.

 

 

A reunião será presidida pelo ministro de Assuntos Estrangeiros dos Países Baixos, Frans Timmermans, e pela Alta Comissária das Nações Unidas para Direitos Humanos, Navi Pillay.

 

Agência Brasil

0 comentários