Embaixador dos EUA em Madri garante respeito à privacidade dos cidadãos espanhóis

O comunicado refere que os dois governos têm estado em contato desde que começaram a ser divulgadas notícias sobre a alegada espionagem feita pelos Estados Unidos na Espanha
 

O embaixador dos Estados Unidos na Espanha, Jame Costos, lamentou em encontro com o chefe da diplomacia espanhola, José Manuel García-Margallo, as “tensões” causadas pela polêmica sobre a espionagem americana, garantindo que o seu país respeita a privacidade dos espanhóis.

 

 

As declarações foram divulgadas por um comunicado do governo espanhol. Garcia-Margallo ocupa o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros. O embaixador considerou “as preocupações dos cidadãos espanhóis e do governo legítimas e lamentou as tensões que isso [espionagem americana] tem podido causar na relação bilateral”, segundo a nota.

 

 

Durante o encontro, Costos e García-Margallo lembraram que o interesse dos dois governos é “garantir a segurança e a luta contra o terrorismo, bem como o respeito pela privacidade dos cidadãos e pela legalidade”.

 

 

O comunicado refere que os dois governos têm estado em contato desde que começaram a ser divulgadas notícias sobre a alegada espionagem feita pelos Estados Unidos na Espanha.

 

 

Costos transmitiu a García-Margallo, ainda segundo o comunicado, que o presidente Barack Obama deu instruções para que seja feita uma revisão detalhada das ações das agências de inteligência.

 

 

Ele insistiu que essas ações ocorrem “todo momento sob um critério de segurança e luta contra o terrorismo, no marco da colaboração entre as comunidades de inteligência respeitando a privacidade dos cidadãos espanhóis e o quadro legal”. O embaixador acrescentou que “em nenhum caso essas ações têm objetivos comerciais”.

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.