Colômbia ensina espanhol para guias brasileiros

O curso terá duração de quatro meses e foi montado especialmente para guias de turismo
 

Estão abertas as inscrições para o curso de espanhol para guias de turismo brasileiros na cidade de Bogotá, na Colômbia. A iniciativa é do Ministério da Relações Exteriores da Colômbia, que financiará o curso por quatro meses. O prazo de inscrição será encerrado no dia 9 de janeiro. 

 

 

O objetivo da Colômbia é difundir a língua espanhola entre os guias de turismo do Brasil e divulgar seus destinos de viagem entre profissionais que estão diretamente em contato com os viajantes.

 

Além de financiar o curso, o governo colombiano oferecerá uma mensalidade de US$ 950 para gastos com alimentação, hospedagem, seguro médico internacional e passagem aérea. A data do início das aulas ainda não foi definida, a previsão é final de janeiro.

 

Não há limite de vagas nem requisitos para seleção. Os interessados devem enviar cópia do passaporte, atestado médico recente e o formulário de inscrição para os e-mails: natalia.suescun@cancilleria.gov.co ou andre.alfonso@cancilleria.gov.br.
“É uma oportunidade de trazer conhecimentos para o Brasil e oferecer bons serviços no setor”, disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

 

Na primeira versão do programa, no ano passado, participaram 59 guias de 13 a 15 países do leste da Ásia.

 

Qualificação em Portugal
O Ministério do Turismo apoia o aperfeiçoamento de estudantes e guias de turismo brasileiros no exterior. No mês passado, um projeto de cooperação técnica com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o governo português levou 50 estudantes brasileiros de turismo à Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, em Portugal.

 

Os estudantes estão se aperfeiçoando em técnicas avançadas das diversas modalidades de administração hoteleira com foco nas áreas de gerência, supervisão de hotéis e enogastronomia. Os bolsistas também estão estudando inglês. O curso tem 226 horas de aula, incluindo teoria e prática.

 

Ministério do Turismo

0 comentários