Vaticano diz que mídia manipulou declaração do Papa Francisco sobre casamento gay

Imprensa teria deturpado declarações do pontífice
 

ABr250713_TNG6799

Em nota publicada na segunda-feira (6/1), o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, lamentou o que classificou como “instrumentalização” das declarações do Papa Francisco sobre casamento homossexual, publicadas pela revista Civiltà Cattolica.  “O Papa constatou que a situação da educação das crianças e dos jovens hoje é muito diferente do passado, porque estes vivem em muitas situações familiares difíceis, com pais separados, novas uniões anômalas, por vezes, também homossexuais, e assim sucessivamente”, disse o sacerdote, em resposta a artigos publicados pela imprensa italiana.
 
 
 
Papa em Copacabana
 
Imprensa teria deturpado declarações do papa Francisco

De acordo com a Agência Ecclesia, o padre Lombardi sustenta que “a educação e o anúncio da fé não podem deixar de acompanhar a ‘situação concreta’ das crianças, para ‘não provocar nelas reações negativas, contrárias ao acolhimento da própria fé’”.

 
 
 
Segundo o porta-voz do Vaticano, “inserir este discurso no debate público sobre o reconhecimento das uniões civis entre pessoas do mesmo sexo é ‘forçado’ e chega a ser ‘uma instrumentalização’.
 
 
PORTAL IMPRENSA
 
 

0 comentários