Tempestade de neve deixa mortos na Costa Leste dos Estados Unidos

O presidente Barack Obama declarou estado de urgência em 45 condados da Geórgia e da Carolina do Sul
 

Uma tempestade de neve paralisou hoje (14) o Leste dos Estados Unidos e está se deslocando para o Noroeste do país depois de deixar entre 16 e 18 mortos, segundo a imprensa norte-americana. As mortes foram causadas, principalmente, por acidentes rodoviários. Uma camada de neve de cerca de 60 centímetros (cm) cobriu essas regiões do país. Na capital, Washington, os trabalhos do governo foram suspensos e várias escolas, fechadas. Em outras cidades do Leste norte-americano, como Filadélfia e Boston, o cenário é o mesmo.

 

 

Os aeroportos também foram afetados. De acordo com a página na internet que monitora aeroportos, FlightAware, foram cancelados mais de 1,2 mil voos nos Estados Unidos – tanto voos internos quanto internacionais. Mais de 700 estão atrasados. A expectativa é que os atrasos e cancelamentos se mantenham por mais alguns dias.

 

 

O serviço de meteorologia norte-americano advertiu que a tempestade de hoje enfraqueceu, mas ainda irá provocar muito frio, especialmente da Nova Inglaterra até a costa do Canadá. Para amanhã (15), são esperadas novas tempestades de neve e mais frio no Leste.

 

 

Ontem (13), o presidente Barack Obama declarou estado de urgência em 45 condados da Geórgia e da Carolina do Sul, o que permitiu que serviços federais fiquem encarregados de casos de urgência. Mais de 2,3 mil militares da Guarda Nacional estão mobilizados desde ontem em sete estados norte-americanos para auxiliar os serviços de socorro. De acordo com o Departamento de Energia dos Estados Unidos, quase 800 mil casas e empresas ficaram sem energia na quinta-feira à tarde, dos quais 340 mil só na Carolina do Norte e do Sul.

 

Agência Brasil

0 comentários