Malásia identifica homem que embarcou com falso passaporte

O desaparecimento levou a um esforço internacional de busca e salvamento envolvendo vários países e dezenas de aviões e navios, mas até agora não foram encontradas provas de destroços do avião
 

A Malásia identificou um dos dois passageiros que embarcaram no voo desaparecido da Malaysia Airlines com passaportes roubados, informou  o chefe da polícia local, Khalid Abu Bakar. Segundo ele,  o homem não é malaio, mas a nacionalidade não foi revelada.  As autoridades conseguiram identificá-lo por meio de imagens das câmaras de segurança do aeroporto.

“Ainda estamos verificando se eles [os dois suspeitos com passaportes roubados] chegaram legal ou ilegalmente [ao país]”, disse.

O voo da Malaysia Airlines, que fazia o trecho entre a capital do país, Kuala Lumpur,  e a capital da China, Pequim, desapareceu no sábado (8) de manhã com 239 pessoas a bordo. Não foi enviado qualquer pedido de ajuda, de acordo com as autoridades. O desaparecimento levou a um esforço internacional de busca e salvamento envolvendo vários países e dezenas de aviões e navios, mas até agora não foram encontradas provas de destroços do avião. Segundo a empresa responsável, a aeronave teve  um problema em uma das asas em 2012, mas foi completamente reparado e teve “luz verde” para voar.

 

Agência Brasil

0 comentários