Guaratiba receberá Jornada Mundial da Juventude e missa com Papa Bento XVI

O anúncio foi feito durante o II Encontro de Preparação para a Jornada Mundial de Juventude
 

O prefeito Eduardo Paes divulgou na manhã desta quarta-feira (28/11) o local onde será realizada a vigília e a missa de encerramento, ministrada pelo Papa Bento XVI, da Jornada Mundial da Juventude. Um terreno em Guaratiba, na Zona Oeste, foi o escolhido para sediar os principais eventos da Jornada, que acontece em julho de 2013, no Rio de Janeiro.

 

O anúncio foi feito durante o II Encontro de Preparação para a Jornada Mundial de Juventude, em um hotel no Centro do Rio, que contou ainda com a presença do ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência da República; do arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta; e do cardeal Stanislaw Rylko, que preside o Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), do órgão do Vaticano responsável pela organização da Jornada. Participaram do encontro 200 delegados, representando 75 países.

Segundo Paes, a escolha do terreno foi definida por critérios de logística e mobilidade. O local eleito para receber o Papa faz parte de duas fazendas, pouco depois da estação Mato Alto da Transoeste , com capacidade para receber até quatro milhões de pessoas.

– É uma área quase três vezes maior que a da última Jornada, em 2011, em Madri. Pelo empréstimo do terreno os proprietários receberão benefícios indiretos, como dragagem, já que intervenções serão necessárias. Estamos agora trabalhando em cima dos planos de mobilidade, transporte e segurança. Não pouparemos esforços para realizar a melhor edição desse encontro e deixar um grande legado para a Zona Oeste – garantiu Paes.

A Jornada trabalhará, segundo a organização do evento, com a estrutura de lotes e ruas, que contarão com ilhas de serviço: banheiros, postos médicos, alimentação, tendas de adoração, torre de segurança, telões e bebedouros. Há duas possibilidades sendo estudadas para o acesso ao terreno: a chegada a pé, a partir de pontos de desembarque, por três opções de trajetos, de cerca de13 quilômetros cada; e a saída por meio de um sistema de shuttle, serviço de transporte especial.

O encontro tratou de questões práticas, como isenção da taxa do visto, hospedagem alternativa dos peregrinos – casas de família, escolas, clubes – e logística. Dom Orani elogiou a escolha do evento e ressaltou a importância da Jornada para a esperança de tempos melhores:

– Além deste achado em Guaratiba, onde ocorrerá nos dias 27 e 28 a vigília e a missa, haverá mais três atos centrais em Copacabana: a Acolhida do Povo, a Acolhida do Padre e a Via Sacra. É um momento de ser fazer discípulos entre as nações, ato de fraternidade, formando jovens que querem um mundo melhor.

O cardeal Stanislaw Rylko, do Vaticano, disse que a Jornada é um fenômeno planetário:

– É um momento importante de diálogo entre a Igreja e as novas gerações, uma herança ao longo da vida desses jovens, que muitas vezes participam espiritualmente e pela internet.

Jornada Mundial da Juventude Rio 2013

A JMJ vai decorrer entre os dias 23 a 28 de julho do próximo ano, com a presença prevista de Bento XVI no encerramento da iniciativa. O lema é ‘Ide e fazei discípulos de todos os povos’, expressão baseada no evangelho segundo São Mateus.

As inscrições dos peregrinos podem ser feitas num dos sete idiomas (português, alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e polaco) disponíveis no site oficial da JMJ (www.rio2013.com). O ‘Manual de Inscrições de Peregrinos’, disponibilizado na internet, apresenta os custos para os visitantes provenientes de diversos países, divididos em três classes – A, B e C – conforme a situação econômica de cada nação.

Esta será a segunda vez que uma cidade sul-americana acolhe a edição internacional da JMJ, depois de Buenos Aires (Argentina), em 1987, na primeira ocasião em que a iniciativa criada pelo Papa João Paulo II saiu de Roma.

 

Fernanda Good/Prefeitura

0 comentários