Corpo de Bombeiros concede medalhas de mérito a 70 guarda-vidas

Corporação homenageou militares que venceram o 9º Campeonato Sulamericano de Salvamento Aquático
 

 

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro demonstrou, na manhã de quinta-feira (10/01), que tem muitos motivos para se orgulhar de seu trabalho. Cerca de 70 guarda-vidas receberam, do comandante-geral da corporação, coronel Sérgio Simões, a medalha “Avante Bombeiro”, como homenagem pela primeira colocação no 12o Campeonato Brasileiro e no 9o Campeonato Sulamericano de Salvamento Aquático, realizados em Santa Catarina, no fim do ano passado. A comenda é a mais tradicional da corporação e tem uma pontuação que vale para as promoções na carreira.

 

A solenidade, realizada no 2º Grupamento Marítimo (G-Mar), na Barra da Tijuca, reuniu profissionais, comandantes de quarteis e de grupamentos marítimos de várias partes do Estado do Rio, além dos homenageados e suas famílias. Nas competições, os bombeiros fluminenses subiram ao lugar mais alto do pódio, desbancando as corporações de 13 estados brasileiros e de sete países, nem todos sulamericanos: Argentina, Chile, Uruguai, Peru, Moçambique, Portugal e Espanha.

 

Segundo o coronel Simões, o Estado do Rio tem uma tradição de vanguarda e pioneirismo no salvamento marítimo. O comandante-geral destacou, também, que o preparo dos bombeiros fluminenses se deve a uma constante superação da equipe, em praias difíceis de trabalhar, com ondas altas e uma grande concentração de banhistas.

 

– Fomos, vimos e vencemos. Ganhamos em praticamente todas as modalidades. Por isso, é meu papel fazer este reconhecimento, demonstrando nossa gratidão, nosso respeito e reconhecimento pela capacidade de cada um desses homens, individual e coletivamente, pelo serviço de salvamento marítimo, que tem uma enorme importância – disse o coronel Simões, ressaltando que neste verão a corporação conta com 20 jetskis e 25 botes para auxiliar nos resgates.

Um dos contemplados foi o sargento Marcos Paulo Monteiro, de Saquarema. Com 37 anos, 14 de corporação, ele foi o vencedor da medalha de ouro na categoria salvamento por rescue tube e bronze no salvamento com pranchão.

 

– Tenho o maior orgulho de ser bombeiro, e fico muito feliz que os meus resultados individuais tenham contribuído para a vitória do grupo. Acho que nossa conquista ajuda a divulgar uma imagem positiva da corporação – disse o sargento, que também já recebeu a comenda “Força e Coragem” por um salvamento no México, em meio a ondas gigantes.

 

Também condecorado, o 3o sargento Ilson de Araújo, do 26o Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), em Paraty, foi responsável por “puxar” o grupo (ir na frente) na prova de corrida e nado. Maratonista, ele costuma ser elogiado por seu desempenho físico nas competições.

 

– Para mim, é o maior reconhecimento pelos meus 14 anos de serviço. É muito gratificante fazer parte deste grupo, que estava unido e determinado desde o início da competição – contou Araújo.

 

Além das medalhas “Avante Bombeiro”, na solenidade houve a entrega de duas medalhas “Força e Coragem”, para guarda-vidas que se destacaram, recentemente, em salvamentos difíceis.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.