Detro encerra 2012 com mais de 15 mil infrações e apreensões

Maior rigor refletiu na arrecadação do órgão, que foi 6% superior ao total de 2011
 

 

Em 2012, a fiscalização do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) esteve diariamente nas ruas, combatendo o transporte irregular de passageiros no estado. Além disso, foram realizadas ações para verificar as condições da frota regular, garantindo a qualidade dos serviços e a segurança da população. Entre janeiro e dezembro, foram recolhidos 10.336 veículos, e outros 4.822, somente multados, totalizando 15.158 infrações e apreensões.

 

A prática de lotada por kombis, carros particulares ou táxis foi a principal irregularidade encontrada pelos fiscais, que encaminharam ao depósito público 5.697 veículos por este delito, além de 1.876 vans e 264 ônibus piratas. O Detro também atuou para garantir a qualidade no serviço prestado pelas empresas que operam os trajetos intermunicipais por ônibus, por intermédio da operação Legal Tem Que Ser Legal.

 

Outro ponto de atuação do departamento foram as ações da operação Tomahawk, que tem como foco as empresas mais citadas em reclamações recebidas pela ouvidoria do órgão e/ou multadas pela fiscalização. Para evitar que os ônibus recolhidos por irregularidades voltem a circular sem liberação, o órgão realizou a operação Boi Fujão, que monitora os infratores por meio da central de GPS do departamento.

 

Os irregulares são encaminhados novamente ao depósito público. Durante o ano, os fiscais retiraram de circulação por falta de condições de tráfego um total de 2.282 coletivos e multaram outros 2.004. Já no transporte complementar, 217 vans regulares foram apreendidas e outras 110, multadas. O incremento da fiscalização refletiu na arrecadação do órgão, que havia sido estimada em R$ 33.383.448,00, e fechou este exercício em R$38.637.536,00. O total é 6% superior aos R$ 36.421.444,00 alcançados em 2011.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.