Detro recolhe 28 veículos, entre regulares e piratas

A maior parte das apreensões ocorreu na capital
 

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) atuou, na sexta-feira (11/1), em duas frentes. Enquanto parte da fiscalização realizou o combate ao transporte de passageiros sem autorização, equipes estiveram em três terminais rodoviários da Região Metropolitana, verificando as condições dos serviços prestados pelas empresas de ônibus intermunicipais. Como resultado, 15 coletivos foram tirados de circulação, e 33 multas aplicadas.

Na capital, no Terminal Américo Fontenelle (Central), dois veículos da União foram apreendidos por iluminação inoperante e três multados: dois por falta de cobrador e um por roleta inapropriada. A Reginas também teve um carro recolhido por falta de CAT e recebeu outras duas multas por falta de cobrador. Já a Transmil teve um coletivo encaminhado à garagem por CRLV atrasado.

Na Baixada Fluminense, em Duque de Caxias, a fiscalização recolheu quatro carros da Expresso Mangaratiba, três por CRLV atrasado e um por iluminação externa inoperante, além de aplicar quatro multas por roleta fora do padrão. A Master teve um ônibus apreendido por CRLV atrasado, e a Rio Minho, um carro por alteração de característica do veículo. A Vera Cruz também teve um veículo recolhido por iluminação externa inoperante, além de receber uma multa por elevador para portadores de necessidades especiais inoperante. A Fabios teve um coletivo mandado para a garagem por CRLV atrasado. A Limousine Carioca recebeu uma multa por roleta fora do padrão.

Em Nova Iguaçu, fiscais encaminharam à garagem dois veículos da Rio Minho, um por selo vencido e o outro por não estar registrado no Detro, um ônibus da Expresso Mangaratiba por falta de selo, multado ainda por plataforma de portadores de necessidades especiais inoperante e falta de cobrador. A Nossa Senhora da Penha também recebeu duas infrações por plataforma inoperante, assim como a Blanco. A empresa ainda foi multada por falta de cobrador, mesmo motivo da multa recebida pela Evanil.

Treze veículos recolhidos na Região Metropolitana

Além de checar as condições dos ônibus intermunicipais, a fiscalização do Detro seguiu combatendo a pirataria no transporte de passageiros. As ações se concentraram na Região Metropolitana, onde há maior incidência de denúncias. Ao longo da sexta-feira, 13 veículos foram encaminhados ao depósito público, sendo 10 kombis e três vans.

A maior parte das apreensões ocorreu na capital. Na Zona Norte do Rio, duas kombis foram pegas em Anchieta, outras quatro em Parada de Lucas, além de uma van e uma kombi em Madureira. Já na Zona Sul, agentes retiraram de circulação uma kombi fazendo lotada na Lagoa e uma van na Rocinha. Os fiscais ainda recolheram mais uma kombi no Centro. Equipes também estiveram na Baixada Fluminense, onde encaminharan ao depósito público duas kombis em São João de Meriti.

 

Governo do Rio

0 comentários