Empresa investe US$ 70 milhões em Santa Cruz

Distrito Industrial da Codin receberá mais oito empreendimentos
 

 

 

O Distrito Industrial de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, receberá novos empreendimentos. A empresa americana Oil States investirá US$ 70 milhões em uma nova fábrica no local. A unidade, que já conta com um empreendimento em Macaé, ocupará uma área de 126,6 mil metros quadrados e irá gerar 500 novos postos de trabalho. O aporte reforça a vocação do Estado do Rio de Janeiro no setor de offshore. A empresa integra o grupo de investidores que escolheu o Distrito Industrial da Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para instalação de suas unidades.

 

No total, oito empresas investirão R$ 1,47 bilhão, com geração de 1.450 empregos diretos. Apenas a Rolls Royce, também voltada para o setor petrolífero, investirá R$ 200 milhões. A unidade será responsável pela montagem e testes de pacotes de turbinas industriais para o segmento.

 

A diversificação industrial do distrito da Zona Oeste do Rio atraiu também o novo Centro de Processamento Final de Vacinas e Biofármacos de Biomanguinhos, que será responsável pelo investimento de R$ 800 milhões e triplicará a capacidade de processamento da Fiocruz. As empresas Gypsum, Champion Technologies e Jeumont Electric complementam a carteira de negócios até 2014. Estão previstas ainda a ampliação da indústria de tintas Sicpa e a instalação da TranslocServ, de locação de veículos.

 

Benefícios fiscais atraem negócios

 

A Comissão Permanente de Políticas para o Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro (CPPDE) aprovou benefícios fiscais para mais dois empreendimentos no interior fluminense. A Sequoia Alimentos e a Mowen Flora Resinas investirão, no total, R$ 5 milhões em suas unidades no Distrito Industrial de Paracambi, da Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin), e no município de Mendes, no Centro Sul Fluminense.

 

Em 2014, a Sequoia Alimentos irá inaugurar sua segunda linha de produção no Distrito de Paracambi. Com investimentos de R$ 4,5 milhões, a unidade com foco na fabricação de tortilhas, salgadinhos a base de milho, burritos, sanduíches e molhos irá gerar 43 postos de trabalho diretos nos próximos anos.

 

Em Mendes, a Mowen Flora Resinas aplicará R$ 500 mil na instalação de uma unidade de produção de matéria-prima intermediária para a produção de tintas de impressão em flexografia, cera, esmaltes, primers, vernizes e seladora para
madeira. Com inauguração prevista para o primeiro semestre deste ano, a empresa irá criar 25 empregos diretos.

 

Em 2012, a Comissão Permanente de Políticas para o Desenvolvimento do Estado concedeu benefícios para duas empresas do setor alimentício. Juntas, a Piraquê, em Queimados, na Baixada Fluminense, e a Atrios, em Saquarema, na Região dos Lagos, somam recursos de R$ 86 milhões e irão gerar 520 postos de trabalho.

 

Governo do Rio

0 comentários