Mulheres se destacam na nova turma de soldados da PM

Três alunas obtiveram as melhores médias finais entre os 464 integrantes do grupo
 

O Rio de Janeiro ganhou na sexta-feira (18/1) 464 novos policiais militares. Todos passaram por aulas práticas e teóricas de tiro, abordagem, polícia comunitária e direitos humanos, entre outras disciplinas. Desta vez, três das cerca de 100 mulheres que se formaram tiveram as notas mais altas do grupo.

 

Durante a solenidade, o governador Sérgio Cabral ressaltou a importância dos novos agentes da lei no processo de paz, implantado desde o início do seu primeiro mandato, em 2007. Só em 2012, a PM formou 4.880 soldados.

 

– A formatura desses policiais representa a paz e a garantia de ordem pública. Antes de assumirmos, o Estado formava de 500 a 600 policiais por ano. Isso é uma mudança de paradigma na segurança pública e traz mais tranquilidade para as famílias do Rio. Graças às forças de segurança, estamos conseguindo um renascimento do estado – disse Cabral.

 

Segurança atrai grandes eventos e investimentos

 

O vice-governador Luiz Fernando Pezão disse que o foco do governo na segurança está tornando possível ao Rio receber investimentos e grandes eventos.

 

– Temos muito por fazer, mas vamos, a cada ano, a cada mês, dar mais prioridade à Segurança – afirmou Pezão.

 

Alegria por participar do processo de pacificação

 

Primeira colocada no curso do Cfap (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças), a soldado Raphaela Brandão, de 23 anos, teve média final de 9,52.

 

– Com a criação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), a corporação está mudando. Não é mais truculenta, como as pessoas tachavam. Agora, é uma polícia pacificada. As pessoas estão vendo esta mudança e respeitando mais o nosso trabalho – explicou Raphaela.

 

Segundo lugar entre os formados, a soldado Danielle da Costa, de 29 anos, afirmou que se sente prestigiada pela oportunidade de servir à população.

 

– Já fui ajudada por um policial na rua, num momento difícil, e agora estou do outro lado, podendo estender a mão para quem está precisando de mim – disse Danielle.

 

A terceira colocada do grupo foi a soldado Fabiana.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.