Prefeitura divulga esquema operacional para o Carnaval 2013

Autoridades pedem colaboração de cariocas e visitantes e orientam sobre uso do transporte público
 

 

A Prefeitura do Rio apresentou na tarde de terça-feira (29/01), no Centro de Operações Rio, o planejamento operacional dos órgãos públicos para o Carnaval 2013 no Sambódromo. Este ano, pela primeira vez, serão duas noites seguidas de desfile da Série A – resultante da união dos antigos grupos de Acesso A e B – na sexta e no sábado, 8 e 9 de fevereiro. Com isso, o desfile das Escolas Mirins, que antes acontecia na sexta-feira de carnaval, passou para terça-feira, dia 12. Com a mudança na ordem dos desfiles, a prefeitura montou esquema especial de trânsito para a região central da cidade e recomenda aos motoristas para que evitem se dirigir ao Centro em carros particulares, dando preferência ao transporte público de alta capacidade, como metrô, trens e barcas.

 

 

 

Os táxis passam a contar com dois pontos de embarque exclusivos nas imediações do Sambódromo (Rua do Riachuelo e Largo do Estácio) e tabela de preços para todas as regiões da cidade.  Nesta quinta-feira, 31/1, o Diário Oficial do Município trará a tabela de preços pré-estabelecidos para as corridas que partirem do Sambódromo. Durante todo o carnaval a operação Taxi Legal funcionará a pleno vapor, coibindo a cobrança irregular por parte dos taxistas.

 

 

Os pontos de ônibus também terão paradas diferenciadas para os foliões. Para atender quem vai assistir aos desfiles no Setor Ímpar, estão disponíveis pontos nas avenidas Henrique Valadares (destino Centro), Presidente Vargas (destino Zona Norte e Oeste) e Rua do Riachuelo (destino Zona Sul). Já o público que vai assistir do Setor Par deverá embarcar nos ônibus na Avenida Paulo e Frontin (destino Zona Sul e Centro) ou na Avenida Presidente Vargas (destino zonas Norte e Oeste). As estações mais próximas do Metrô são Praça XI e Estácio. A melhor opção, no entanto, é a estação Central, que vai funcionar 24 horas no período.

 

 

Por causa das mudanças no esquema de trânsito, a sexta-feira de carnaval – dia 8 – será ponto facultativo nas repartições públicas do município e do estado.

 

 

 

– Teremos um novo dia de carnaval, um desfile que antes acontecia na terça e agora passou para sexta-feira. Por isso, a prefeitura e o Governo do Estado darão ponto facultativo para que as pessoas não venham para o Centro. Pedimos àqueles que tiverem necessidade absoluta de vir para a região central da cidade nesse dia que optem pelo transporte público de massa (trem, metrô ou barca), pois a Avenida Presidente Vargas estará repleta de carros alegóricos em manobra para a Marquês de Sapucaí – alertou o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello.

 

 

 

A operação de trânsito contará com a participação de 650 agentes de trânsito da prefeitura por dia de operação, entre guardas municipais, agentes da CET-Rio e do Porto Novo, que trabalharão para manter a fluidez, coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres e efetuar os bloqueios nas ruas internas. Para isso, serão disponibilizados 20 reboques para desobstrução de vias, 80 motocicletas e 60 veículos operacionais. Serão também utilizados 60 painéis de mensagens variáveis entre fixos e móveis que informarão sobre os horários dos diversos fechamentos e sobre as condições do tráfego.

 

 

O metrô também terá um esquema especial de funcionamento durante os cinco dias de folia. Os trens circularão, sem interrupção, das 5h de sexta-feira (8/02) às 23h de terça-feira (12/2) – com extensão até às 2h de quarta-feira (13/2) nas estações Central, Praça Onze e Ipanema/General Osório. A partir do meio-dia de sábado (9/02), os trens da Linha 2 farão o trajeto direto entre Pavuna e Ipanema/General Osório sem transferência. A operação especial se repetirá entre as 5h de sábado (16/2) e 23h de domingo (17/2), para atender ao Desfile das Campeãs, no Sambódromo. 

 

 

 

O esquema de monitoramento e fiscalização da Secretaria municipal de Ordem Pública (Seop) no entorno da Marquês de Sapucaí terá início às 13h do dia 8/2, com o objetivo de reprimir o comércio ambulante e o estacionamento irregular. Serão aproximadamente 2.900 agentes atuando de 8 a 16 de fevereiro.

 

 

 

Pela primeira vez, a Secretaria de Conservação irá instalar um Centro de Operações Avançado na Marquês de Sapucaí, assim como já fez durante o último Réveillon de Copacabana. O local irá monitorar ruas próximas ao Sambódromo e servirá para concentrar todas as ações de conservação (Comlurb, Rioluz e CGC) naquela área. A previsão é que o local comece a funcionar no dia 8 e opere até o sábado do Desfile das Campeãs. O contêiner será instalado na Rua Benedito Hipólito, atrás do Setor 1.

 

 

 

A Comlurb preparou um grande esquema de trabalho que envolve 600 garis e outros profissionais para garantir, diariamente as limpezas diurna e noturna do Sambódromo, incluindo os setores par e ímpar, arquibancadas e pistas, concentração, dispersão, postos de saúde, Passarela do Samba e Terreirão do Samba. Na quinta-feira, dia 7, a Companhia realiza a pré limpeza para preparar a passarela para o desfile do Grupo de Acesso, na sexta-feira.

 

 

 

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) organizou um esquema especial de atendimento para os foliões durante o carnaval. Serão montados postos de atendimento médico, com ambulâncias à disposição, e técnicos da Defesa Civil e da Vigilância Sanitária atuarão no Sambódromo. Além disso, os hospitais de emergência estarão de prontidão.
 

 

 

A Defesa Civil Municipal, órgão responsável pela coordenação das ações de segurança e prevenção a acidentes, montará uma base operacional na Marquês de Sapucaí e trabalhará de forma integrada, por meio de um sistema de rádio-comunicação, com todos os envolvidos na organização do evento. Ao todo, 15 técnicos e engenheiros estarão de prontidão durante os seis dias de desfiles das escolas de samba no Sambódromo, além dos plantonistas que estarão na sede do órgão e no Centro de Operações Rio, para atender as demandas externas.

 

Fonte: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.