Rio terá oito novos blindados com tecnologia de ponta

A empresa vencedora também será responsável pela manutenção dos veículos durante cinco anos
 

O governo comprará oito blindados com tecnologia de ponta para reforçar a segurança no estado e melhorar as condições de trabalho dos policiais. O pregão internacional para a aquisição dos novos veículos começou na terça-feira (22/1).

 

Segundo seu edital, quatro veículos serão concedidos para o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), dois para o Batalhão de Polícia de Choque, ambos da Polícia Militar, e dois para a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), daPolícia Civil. Cinco empresas de diferentes nacionalidades entraram na disputa.

 

Os veículos táticos deverão ter blindagem reforçada, capacidade de se locomover em locais íngremes e acidentados, além de pneus aptos a rodar até 20 quilômetros caso sejam alvejados por tiros, entre outras características. Outra exigência especial é o ar-condicionado potente e que contenha um sistema de alimentação de energia independente do motor,permitindo que a refrigeração funcione normalmente com oveículo desligado. Os novos veículos – que têm previsão de entrega de seis meses – também terão que utilizar diesel S10, um combustível menos poluente.

 

– Esses blindados são cruciais para oferecer melhores condições de trabalho, mais segurança aos policiais e também contribuir para a segurança da população – disse o gerente de Projetos e Tecnologia do Bope, major Maurílio Nunes. Para pesquisar modelos de blindados e definir as características técnicas que melhor se enquadram na realidade do Rio de Janeiro, a Secretaria de Segurança criou, há um ano, uma comissão especial formada por unidades do Bope, Batalhão de Choque e Core.

 

– Os segmentos operacionais das polícias Civil e Militar trabalharam em conjunto pela aquisição de um produto que vai beneficiar a todos nós. Envolver todos nesse projeto de pesquisa ajudou a determinar as características e especificações que satisfaziam as necessidades da segurança estadual – afirmou o inspetor de Polícia Civil Wagner Franco.

 

Empresa vencedora fará manutenção por 5 anos

 

A empresa vencedora também será responsável pela manutenção dos veículos durante cinco anos.

 

– Vamos poder substituir os antigos, que são adaptados para essa função, por blindados de tecnologia avançada, que foram concebidos com a finalidade de defesa e segurança – explicou o comandante do Batalhão de Choque, tenente-coronel Fábio Souza. Atualmente, a Polícia Militar conta com 16 veículos blindados e a Polícia Civil, com quatro.

 

Governo do Rio

0 comentários