Teleférico do Alemão é o novo cartão-postal do Rio de Janeiro

Turistas passaram a incluir o símbolo da pacificação no roteiro de visitas da Cidade Maravilhosa
 

A francesa Olivia Gay escolheu o Teleférico do Alemão, símbolo da pacificação do complexo de comunidades da Zona Norte, como o primeiro cartão-postal para visitar no Rio de Janeiro. A fotógrafa não é a única turista que inclui o meio de transporte em seu roteiro de férias, ao lado do Pão de Açúcar e do Corcovado. Com um ano e seis meses de funcionamento, o teleférico atende cerca de 10 mil moradores e visitantes por dia.

 

– Ainda não conheço os monumentos mais famosos da cidade, mas fiz questão de passear de teleférico. Há dez anos,
visitei a cidade pela primeira vez e, agora, fiquei impressionada com as modificações. A pacificação deixou o Rio mais aconchegante – disse Olivia, que foi apresentada à nova atração turística pela amiga carioca Thaís Rocha.

 

A viagem de 16 minutos pelas seis estações do teleférico virou pacote turístico. A pernambucana Sandra Valéria, de 46 anos, fez questão de conhecer o complexo do alto e se encantou com cartões-postais da Zona Norte, como a Igreja da Penha e o Cacique de Ramos. – O teleférico é uma atração que os turistas não podem deixar de conhecer – afirmou Sandra.

 

Conheça as estações

 

Bonsucesso – Ponto de partida do passeio. Possui integração com a estação ferroviária.

 

Adeus – Acesso ao mirante com vista para a cidade.

 

Baiana – Localizada em Ramos, essa é a estação matriz do sistema, o coração do teleférico. Conta com posto de orientação urbanística e social da Prefeitura.

 

Alemão – Abriga equipamentos sociais como o Centro de Referência da Juventude, posto de atendimento do INSS, Centro de Referência Social e agência dos Correios.

 

Itararé – Promove a integração com o conjunto habitacional da Poesi, com o Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes e com salas com cursos gratuitos para a população.

 

Palmeiras – Estação de retorno, localizada no bairro de Inhaúma. Também destina espaço para a futura instalação de um centro cultural, com auditório, biblioteca e outras atrações.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.