Carnaval é tema de exposição da Fundação Mario Peixoto em Mangaratiba

Mostra conta história, evolução e curiosidades da festa popular. Órgão cultural exibe ainda fotos dos antigos carnavais da cidade
 

A Fundação Mario Peixoto, órgão cultural da Prefeitura de Mangaratiba, abriu nesta sexta-feira, dia 15, a partir das 20h, a exposição carnavalesca “Entrudo ou Zé Pereiras?”, que conta a história do carnaval, falando dos tempos na Grécia antiga, a interferência da Igreja Católica, a popularização na Europa e a chegada ao Brasil, com o nascimento do samba carioca. A exposição acontece no Solar Barão do Sahy, na Rua Coronel Moreira da Silva 173, e vai até o final do mês de fevereiro.

A mostra explica a evolução da maior festa popular do planeta desde os tempos em que era apenas uma comemoração para agradecer aos deuses pelas boas colheitas. O título da exposição se dá porque quando o carnaval chegou ao Brasil, trazido pelos portugueses, ele se chamava “entrudo”, como em Portugal. Depois, com o passar dos tempos, sofreu várias mudanças, teve vários nomes como “Zé Pereiras”.

Na exposição estarão fantasias da Escola de Samba Tradição e banneres explicativos com a história de grandes sambistas do passado, como João da Baiana, Heitor dos Prazeres, Pixinguinha, a Baiana Tia Ciata e de outros nomes ligados ao carnaval carioca e, ainda, a história da Pedra do Sal, local onde se reuniam esses famosos sambistas. Estarão expostas também fotos dos carnavais antigos de Mangaratiba e uma homenagem ao Bloco da Burrinha.

A Fundação Mário Peixoto apresenta uma exposição didática onde os visitantes vão aprender muitas coisas, principalmente professores de História que, juntamente com seus alunos podem, nesse espaço de educação não formal, construir novos entendimentos sobre a própria cultura do carnaval.

 

Assessoria

0 comentários