AgeRio lança linha de financiamento voltada para o turismo

Rede hoteleira poderá pegar empréstimos de até R$ 2 milhões, com prazo de 60 meses
 

Com o objetivo de ajudar a rede hoteleira do Rio de Janeiro a se preparar para receber os turistas durante os grandes eventos, a AgeRio lançou duas linhas de financiamento para estimular o acesso ao Programa de Apoio ao Turismo. Para divulgar os produtos, a agência de fomento do Estado assinou um convênio de cooperação técnica com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ).

 

 

A primeira linha é voltada para hotéis, pousadas e albergues que precisam investir em modernização, e a outra é destinada a donos de motéis que querem transformar o estabelecimento em hotéis. É possível financiar até R$ 2 milhões (veja condições abaixo).

 

 

– Estamos colocando à disposição R$ 50 milhões para este segmento. O valor pode aumentar conforme a demanda. É um produto com condições atrativas para melhorar a rede hoteleira, deixando os estabelecimentos em condições mais favoráveis para atender os visitantes que chegarão para Copa do Mundo, Olimpíadas e demais eventos – afirmou o presidente da agência, Domingos Vargas.

 

 

Preocupada com a destinação correta dos valores, a Age- Rio pede que um projeto expondo as melhorias que serão feitas e um orçamento sejam entregues para avaliação.

 

– A taxa de juro e a carência são negociadas de maneira adequada. Vamos acompanhar o projeto para garantir que os recursos sejam aplicados efetivamente na melhoria da rede, garantindo geração de empregos e melhor atendimento ao turista – disse o presidente da AgeRio.

 

 

No site da agência (www.agerio.com.br) os interessados podem simular o financiamento. A solicitação da linha pode ser feita através da página. A agência também tem feito reuniões com a rede hoteleira do interior do estado para divulgar o programa.

 

 

– Os produtos da Age-Rio são imbatíveis e certamente serão importantíssimos no momento que estamos vivendo – afirmou o presidente da ABIHRJ, Alfredo Lopes.

                            

 

                                          

Primeira linha

Voltada para hotéis, pousadas e albergues que precisam investir em modernização

 

Segunda linha

 

Destinada a donos de motéis que querem transformar o estabelecimento em hotéis

 

Valor do financiamento: até R$ 2 milhões

 

Juros mensais: variam de 0,76% a 0,98%

 

Prazo para pagar: até 60 meses, com carência que pode chegar a dois anos para iniciar a quitação.

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.