Detentos recebem diplomas de capacitação do projeto Recicleta

Livre há duas semanas, Genival Santos retornou à unidade prisional, não só para pegar o diploma, mas também para mostrar aos colegas que é possível reescrever outra história
 

A Penitenciária Esmeraldino Bandeira, no Complexo de Gericinó, foi palco, nesta terça-feira (26/3), da formatura da primeira turma de detentos do projeto Recicleta. Parceria das secretarias de Administração Penitenciária, de Transportes e de Educação com a ONG Projetos de Inovação, a ação tem como meta reciclar bicicletas usadas e peças descartadas, além de estimular o uso de um meio de transporte não poluente e sustentável, garantindo um ofício e uma fonte de renda aos egressos do sistema.

 

– Este curso permite ao apenado exercer um trabalho de forma autônoma, sem que tenha que passar pelo crivo do empresário, que talvez possa discriminá-lo por ter um antecedente – disse o secretário de Administração Penitenciária, Cesar Rubens Monteiro de Carvalho.

 

O curso, que aconteceu de dezembro de 2012 a fevereiro de 2013, contou com a participação de 75 presos em período final de cumprimento de pena. Foram 24 horas de aulas teóricas com temas como leis de trânsito e empreendedorismo.

 

– O Rio-Estado da Bicicleta vai manter sua base aqui em Bangu, junto com os demais colaboradores. Esperamos que este exemplo seja expandido para outras cidades – afirmou o secretário de Transportes, Julio Lopes.

 

Além de receber o certificado, os alunos puderam escolher um membro da família para receber a bicicleta montada durante o curso.

– É muita emoção saber que conquistei um diploma, que vou ter uma profissão ao ganhar a minha liberdade – disse o apenado Robert Santos.

 

Livre há duas semanas, Genival Santos retornou à unidade prisional, não só para pegar o diploma, mas também para mostrar aos colegas que é possível reescrever outra história.

– O curso foi uma inspiração. Aproveitei esta oportunidade de aprender uma profissão – afirmou o ex-detento.

 

Governo do Rio

0 comentários