Estácio promove seminário sobre Direito Ambiental

Combate a crimes ambientais e a nova Lei Seca são alguns dos temas em debate
 

Nos dias 20 e 21 de março, a Estácio promove o VI Seminário de Direito da Pós-Graduação Lato Sensu. No evento serão discutidos temas relevantes do Direito por diversos especialistas. O evento é gratuito e aberto ao público e acontecerá, simultaneamente, nas unidades de Campo Grande, Madureira, Menezes Cortes (Centro), Niterói, Nova Friburgo, Resende, Sulacap e Tom Jobim (Barra).

 

 

Entre os convidados estão nomes como o secretário de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc; o desembargador Nagibi Slaibi Filho; o delegado da Polícia Federal Fábio Scliar; e o professor doutor Márcio Vieira Santos. Entre os temas que serão abordados, o “Novo Código de Processo Civil em perspectiva – principais inovações”; “Reflexos penais e administrativos da Nova Lei Seca” e “As dificuldades no combate aos Crimes Ambientais e Crédito de Carbono”.

 

 

Para a coordenadora do seminário, a professora doutroa Elizabete Rosa de Mello, “o evento já é uma tradição na instituição, cujo objetivo é levar para discussão temas atuais e polêmicos. O tema central deste ano é o Direito Ambiental, diante de tantas tragédias relacionadas a danos ambientais e catástrofes.”

 

 

O evento é aberto a alunos de graduação e pós-graduação da Estácio. Interessados que não sejam alunos da instituição também tem entrada liberada.

 

 

 

Confira a programação completa:

Dia 20/3

 

ü  19h > “O novo Código de Processo Civil em perspectiva. Principais inovações”

Palestrante: Prof. Dr. Leonardo Schenk – campus Nova Friburgo

 

 

 

 

Dia 21/3

 

ü  9h > “Reflexos Penais e Administrativos da Lei 12760/2012 – Nova Lei Seca”

Palestrante: Juiz, Dr. Orlando Eliazário Feitosa – campus Madureira

 

 

ü  9h > “As dificuldades no combate aos Crimes Ambientais e Crédito de Carbono”

Palestrantes: Prof. Mestre Delegado da Polícia Federal, Fábio Scliar; e Prof. Especialista em Ciências Ambientais Ricardo Harduim, Marcio Vieira Santos – campus Menezes Côrtes

 

 

ü  10h > “A importância dos princípios dentro de um Estado Democrático de Direito”

Palestrante: Prof. Flávio Correa Coutinho – campus Resende

 

 

ü  15h > “As dificuldades no combate aos Crimes Ambientais, Crédito de Carbono e Responsabilidade Civil do Estado”

Palestrantes: Ex-ministro do Meio Ambiente Carlos Minc; Prof. Mestre Delegado da Polícia Federal, Fábio Scliar; e Prof. Especialista em Ciências Ambientais Ricardo Harduim, Marcio Vieira Santos – campus Menezes Côrtes

 

 

ü  19h > “Direito Desportivo: como montar um clube de futebol no Rio de Janeiro”

Palestrante: Prof. Especialista, Williams Mello de Oliveira – campus Campo Grande

 

 

ü  19h > “Entre Direitos Fundamentais e Democracia: a superação da dicotomia na jurisdição constitucional brasileira.”

Palestrante: Prof. Mestre, Eder Fernandes Monica – campus Madureira

 

 

ü  19h > “As dificuldades no combate aos Crimes Ambientais, Crédito de Carbono e Responsabilidade Civil do Estado”

Palestrantes: Prof. Dr. Desembargador, Nagib Slaibi Filho;  Prof. Mestre Delegado da Polícia Federal, Fábio Scliar; e Profa. Elizabete Rosa de Mello – campus Menezes Côrtes

 

 

ü  19h > “As principais alterações do novo CPC e As novidades do controle de Constitucionalidade”

Palestrantes: Prof. Mestre, José Claudio Torres, Prof. Dr. José Guilherme Berman – campus Niterói

 

 

ü  19h > “A Molecularização da Atividade Jurisdicional: uma nova visão de acesso à justiça”

Palestrantes: Prof. José Augusto da Costa e Prof. Adriano da Fonseca Pinto – campus Sulacap

 

 

ü  19h > “Neoconstitucionalismo Aplicado. Lei n.12270/2012 – Crimes de Extermínio e Milícia – aspectos controvertidos e seu confronto com a Lei de Crimes Hediondos (Lei n.8072/1990). Possibilidade de Exclusão do Condômino Antissocial”

Palestrantes: Profa. Mestre, Carolina Barbosa Lima;  Prof. Dr., Guilherme Sandoval;  Prof. Especialista, Sérgio Murilo Herrera Simões; e Profa. Mestre, Daniela Duque Estrada – campus Tom Jobim

 

 Sobre a Estácio

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio foi fundada há 42 anos. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, um corpo docente de 7,5 mil professores e 284,4 mil alunos matriculados. Formada por 38 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 20 estados.

 

Com um total de 74 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas. Dispõe, também, de cursos de Pós-graduação lato-sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa.

 

A Estácio mantém parcerias acadêmicas com a Ecole Hôtelière de Lausanne (Hotelaria suíça), a Alain Ducasse Formation (Gastronomia francesa) e a Universidade de Coimbra (Direito em Portugal). Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta personalizada de material didático aos alunos, sem custo adicional. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, com o pagamento integral dos direitos autorais. Em 2011, o material didático começou a ser disponibilizado para novos alunos em tablets.

 

 

Bia Barros | Relações com a Mídia

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.