Operação Lei Seca completa quatro anos de resultados positivos

Média de motoristas flagrados dirigindo alcoolizados diminuiu 40% em comparação a 2009
 

A Operação Lei Seca (OLS), lançada pela Secretaria de Governo para combater a nociva mistura de álcool e direção, completa hoje quatro anos em vigor. E a data especial é acompanhada de resultados positivos: em comparação com os dados de 2009, a média de motoristas alcoolizados flagrados nas blitzes diminuiu 40% (veja quadro abaixo).

 

O número de acidentes de trânsito com vítimas fatais (na proporção da taxa de vítimas por 10 mil veículos) também apresentou redução significativa se comparado aos anos de 2008 e 2011. Em ambos, a queda foi de 34%. Mais de um milhão de veículos foram fiscalizados ao longo desses quatro anos.

 

– A Operação Lei Seca é uma política pública de governo. As ações acontecem de domingo a domingo, sejam atividades de prevenção ou de fiscalização, e é essa continuidade que tem provocado mudança de hábitos na sociedade fluminense – explicou o coordenador-geral da Lei Seca, major Marco Andrade.

 

A implementação da nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) n° 432, em janeiro de 2013, deixou a OLS ainda mais rigorosa. Agora, há tolerância zero para uso de álcool ao volante e a multa aumentou para R$ 1.915,30. No caso de reincidentes, o valor da multa dobrou e passou a ser R$ 3.830. Além disso, os agentes da operação podem gravar vídeos que comprovem casos de motoristas alcoolizados.

 

Ao lado do trabalho de fiscalização, a OLS também realiza ações de conscientização, contando com a participação de agentes cadeirantes que foram vítimas de acidentes de trânsito provocados pelo consumo de álcool. Com esse objetivo, mais de 322 palestras educativas já foram oferecidas em escolas, universidades e empresas por todo o estado.

 

Para o professor de Engenharia de Transportes da Coppe/URFJ Paulo Cezar Ribeiro, a OLS o êxito da ação se dá pelo constante trabalho de fiscalização. – Os motoristas só aprendem e tomam precauções quando há patrulhamento intensivo nas ruas. É uma ação válida, que ajuda a melhorar a segurança no trânsito no Rio de Janeiro – disse Ribeiro.

Governo do Rio

 

Balanço da Lei Seca (desde 2009 até 14 de março de 2013)

N°de motoristas abordados

 1.071.443

N° de motoristas multados

203.805

N° de veículos rebocados

42.092

N° de CNHs recolhidas

85.603

N° de motoristas que sofreram sanções administrativas

87.260

N° de motoristas que sofreram sanções criminais

2.614

N° de testes de bafômetro realizados

935.859

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.