Projeto Mais Leitura ultrapassa a marca de 600 mil livros vendidos

Projeto conta com títulos dos mais diversos gêneros, de quarenta editoras
 

Desde que foi criado em 2011, com o intuito de democratizar a cultura com a venda de livros a preços para lá de populares, o programa Mais Leitura, da Nova Imprensa Oficial, bateu a marca de 600 mil exemplares vendidos. Os títulos chegam às estantes das unidades do Rio Poupa Tempo de São Gonçalo, Bangu e São João de Meriti com preços que vão de R$ 2 a R$ 4.

 

O Mais Leitura conta com títulos dos mais diversos gêneros, de quarenta editoras. As obras destinadas ao público infantil tem grande procura. Dentro do universo adulto, a biografia Lula, o filho do Brasil, de Denise Paraná, está entre os favoritos na preferência dos consumidores.

 

Roberta Fernandes, responsável pelo projeto, analisa alguns dos motivos pelo sucesso do Mais Leitura.

 

– As pessoas estão interessadas em ler e o preço é o maior diferencial para a grande procura pelos livros. Como as agências não são parecidas com as livrarias, as pessoas se sentem mais a vontade para entrar e comprar. O Mais Leitura vendeu 35 mil livros em janeiro no mês de janeiro, foram 35 mil livros – disse.

 

O projeto conta com uma equipe de quatro pessoas que acreditam que o trabalho oferece condições de leitura para um público que não tem o hábito de adquirir livros. Sérgio Paz conta com orgulho o prazer de fazer parte da equipe.

 

– É uma satisfação muito grande, pois o projeto ajuda milhões de pessoas a descobrir a leitura – afirmou.

 

Cada pessoa pode comprar até 10 livros por vez e as unidades do Rio Poupa Tempo funcionam de segunda a sexta feira, das 8h às 18h e aos sábados de 8h às 13h.

 

Governo do Rio

0 comentários