Reciclagem gera trabalho e renda para comunidade do Turano

Área pacificada adota projeto que ensina a transformar lonas em peças para empresas
 

O projeto Tem Quem Queira capacita e gera renda para moradores da comunidade do Turano, na Tijuca. A iniciativa, que conta com o apoio da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, emprega nove funcionários para trabalhar na área de costura e design. A ideia é transformar lonas em peças como bolsas e estojos, que são vendidos, principalmente, a empresas sob encomenda. Por mês, são produzidos de dois a três mil produtos.

 

A iniciativa tem parcerias para arrecadar lonas de origens diversas. Entre os parceiros estão a Liga das Escolas de Samba, o evento de moda Fashion Week, e a produção do Rock in Rio, entre outros eventos. O jovem Wenderson Sarges, de 19 anos, disse que o trabalho fortalece a consciência ambiental por enfatizar o aproveitamento de materiais.

 

– Hoje, até oriento meus amigos a jogar o lixo no lugar certo. Tenho vontade de trabalhar na área de reciclagem e sustentabilidade – afirmou Wenderson. A moradora Jurema Ramos, de 49, estava desempregada há mais de 10 anos. Ela encontrou no projeto uma fonte de renda.

 

– Já tinha uma noção de costura de agulha. Aprendi a costurar profissionalmente e já consegui até comprar minha geladeira dúplex e um notebook – disse Jurema.

 

Governo do Rio

0 comentários