Sétima Edição do Prêmio APTR homenageia Fernanda Montenegro

o evento será realizado no Imperator, na Zona Norte do Rio, dia 25
 

 

            A maior premiação do teatro nacional acontece no próximo dia 25,  às 21h, no Imperator – Centro Cultural João Nogueira, com o patrocínio da Tv Globo e da Prefeitura do Rio de Janeiro. A sétima edição do prêmio APTR de teatro terá a direção de Daniel Herz, roteiro de Bruno Levinson  e fará uma homenagem à atriz Fernanda Montenegro.  12 categorias receberão 15 mil e Melhor Produção receberá 20 mil, totalizando 200 mil reais. Os atores Charles Fricks e Dani Barros, vencedores de 2012, farão a apresentação da noite.

 

 

            No foyer do teatro será montada uma exposição sobre a trajetória profissional da homenageada.  “A festa será inspirada no estilo de Fernanda Montenegro: sóbria, elegante e simples. Louise Cardoso, Otávio Augusto e Jacqueline Laurence são alguns dos amigos e parceiros de Fernanda que entregarão os troféus da cerimônia”, revela o diretor.

 

 

            “O Desaparecimento do Elefante” é o campeão de indicações, disputando sete categorias: melhor espetáculo e produção (Gávea Filmes), direção (Monique Gardenberg e Michele Matalon), atriz coadjuvante (Marjorie Estiano e Fernanda de Freitas), ator coadjuvante (Kiko Mascarenhas), cenário (Daniela Thomas e Camila Schmidt) e figurino (Cláudia Kopke).

 

 

            No total são 19 peças que disputam o 7° Prêmio APTR de teatro, entre elas, “O Homem Travesseiro” e “Esta Criança”. As duas concorrem com cinco indicações. Maneco Quinderé disputa como Melhor Iluminação em quatro espetáculos: “A Marca da Água”, “A Primeira Vista”, “Édipo Rei” e “O Outro Van Gogh”.

 

 

            O júri do Prêmio APTR de 2013 é formado por Barbara Heliodora, Tânia Brandão, Macksen Luiz, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Mauro Ferreira, Norma Thiré, Rafael Teixeira e Rodrigo Monteiro.

 

 

INDICADOS 7º PRÊMIO APTR

Categoria MELHOR AUTOR:

Carla Faour/ “Obsessão”

Eduardo Rieche e Gustavo Gasparani/ “As Mimosas da Praça Tiradentes”

Maurício de Arruda Mendonça e Paulo de Moraes/ “A Barca da Água”

Pedro Brício/ “Breu”

 

 

Categoria MELHOR DIREÇÃO:

Monique Gardenberg e Michele Matalon/ ”O Desaparecimento do Elefante”

Márcio Abreu/ “Esta Criança”

Bruce Gomlevsky/ “O Homem Travesseiro”        

João Fonseca/ ”Dorotéia”

 

 

Categoria MELHOR CENOGRAFIA:

Daniela Thomas e Camila Schmidt/ “O Desaparecimento do Elefante”

Fernando Marés/ “Esta Criança”

Edward Monteiro/ “Quase Normal”

Aurora dos Campos / “Breu”

 

 

Categoria MELHOR FIGURINO:

Cláudia Kopke/ “O Desaparecimento do Elefante”

Thanara Schönardie/ ”Dorotéia”

Kika Lopes/ “Gonzagão – “A Lenda”

Teka Fichinski / “Valsa n. 6”

 

 

Categoria MELHOR ILUMINAÇÃO:

Nadja Naira/ ”Esta Criança”

Luis Paulo Neném e Thiago Mantovani/ “O Homem Travesseiro”  

Tomás Ribas/ “Breu”

 Maneco Quinderé / ”A Marca da Água”, “A Primeira Vista”, “Édipo Rei” e “O Outro Van Gogh “

 

 

Categoria MELHOR ATOR PROTAGONISTA:

Bruce Gomlevski / “O Homem Travesseiro”
Fernando Eiras / “O Outro Van Gogh”
Gregório Duvivier / “Uma noite na Lua”
Marcos Caruso –/“Em nome do Jogo”

 

 

Categoria MELHOR ATRIZ PROTAGONISTA:

Renata Sorrah/ “Esta Criança”

Vanessa Gerbelli/ “Quase Normal”

Débora Lamm / “Os Mamutes”

“Drica Moraes / “A Primeira Vista”

 

 

Categoria MELHOR ATOR COADJUVANTE:

Kiko Mascarenhas/ “O Desaparecimento do Elefante”

Ricardo Blat / “O Homem Travesseiro ”               

Gilberto Gawronski/ “Dorotéia”

Tonico Pereira / “A Volta ao Lar” e “O Homem Travesseiro”

 

 

Categoria MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

Fernanda de Freitas/ “O Desaparecimento do Elefante”

Marjorie Estiano / O Desaparecimento do Elefante”

Simone Spoladore / “Depois da Queda”

Ana Baird / “Obsessão”

 

 

Categoria ESPECIAL:

Tempo Festival/ direção César Augusto, Bia Junqueira e Márcia Dias

Complexo Duplo/ ocupação Teatro Gláucio Gil

Editora Tobogó/ publicação de peças nacionais

Marcela Altberg/casting para musicais

 

 

Categoria MELHOR ESPETÁCULO:

“O DESAPARECIMENTO DO ELEFANTE”

“ESTA CRIANÇA”

“O HOMEM TRAVESSEIRO”

“QUASE NORMAL”

 

 

Categoria MELHOR MÚSICA:

Délia Fischer/ arranjos musicais de “Milton Nascimento- Nada Será como Antes”

Tim Rescala / música original e direção musical de “Era Uma Vez … Grimm”

Alexandre Elias/direção musical de “Gonzagão, a Lenda”

Tomás Gonzaga/ trilha sonora de “Valsa n.6 “

 

 

Categoria MELHOR PRODUÇÃO:

Aventura Entretenimento (Aniela Jordan, Luiz Calainho e Fernando Campos)/ “O Mágico de Oz”

Estamos Aqui Produções Artísticas/“Quase Normal”

Gávea Filmes/ “O Desaparecimento do Elefante”

Gávea Filmes e AKutner Produções/ “A Mecânica das Borboletas”

Andréa Alves /“Gonzagão- A Lenda” por Sarau Agência de Cultura Brasileira

 

 

 

SERVIÇO

Segunda-feira-25 de março

Início -21 horas

Imperator- Centro Cultural João Nogueira

Rua Dias da Cruz, 170-Méier

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.