Alunos de colégios estaduais realizam exames do Saerjinho

Este ano, 57 redes municipais de Educação também adotaram a avaliação bimestral
 

Os alunos da rede estadual realizaram ontem o primeiro dia de exames do Saerjinho, sistema de avaliação bimestral do processo de ensino e aprendizagem, promovido pela Secretaria de Educação. Este ano, 57 redes municipais de Educação resolveram aderir ao sistema e também aplicaram as provas de avaliação. Os exames incluem questões de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Ciências (para Ensino Fundamental) e Química, Física e Biologia (para Ensino Médio).

 

 

O Governo do Estado premia os estudantes que obtêm as melhores notas no Saerjinho, oferecendo um fim de semana de passeios turísticos pelo Rio de Janeiro, através do projeto Jovens Turistas.

 

 

No Colégio Estadual Infante Dom Henrique, em Copacabana, os alunos estavam ansiosos para fazer as provas de Matemática e Língua Portuguesa, que servem como um treinamento para o Enem.

 

 

“O Saerjinho e o vestibular cobram as mesmas matérias. Por isso, dá para a gente avaliar nosso desempenho, ver os tipos de questões que são mais cobradas nesses concursos e também o que precisamos estudar mais. Acho importante que os estudantes tirem boas notas no Saerjinho, porque isso ajuda a melhorar a qualidade da escola” disse Leonardo Nere, de 15 anos, aluno do 1º ano de Ensino Médio do colégio da Zona Sul.

 

 

Professores monitoram os resultados

 

Já Felipe Arlindo, de 15 anos, também estudante do 1º ano do Ensino Médio, estava empolgado com a possibilidade de ganhar passeios turísticos, caso conquiste um bom desempenho nos exames.

 

“Nunca fui ao Pão de Açúcar. Gostaria muito de visitar esse ponto turístico. Acho que essa é uma forma legal de recompensar o esforço dos alunos“ afirmou Felipe.

 

Para a diretora Heloisa Martins, o Saerjinho é uma oportunidade de seguir o progresso dos estudantes.

 

“A gente pode acompanhar os resultados dos estudantes desde o 1º até o 3º ano do Ensino Médio. Na maioria dos casos, percebe-se uma melhoria nas notas do Saerjinho, conforme os alunos vão passando de ano. Essa avaliação é muito importante para nós, porque fornece um retrato exato do rendimento dos estudantes” disse Heloisa.



 

Núcleo de Imprensa do Governo do Estado

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.