Estado apresenta oportunidades de negócios na área de óleo e gás

Mecanismos da Codin e da AgeRio para atração de investimentos foram divulgados em seminário
 

A secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, em parceria com a subsecretaria de Relações Internacionais da Casa Civil, promoveu nesta quinta-feira (25/04) o seminário Programa de Atração de Investimentos para o Setor de Equipamentos Subsea da Cadeia de Óleo e Gás no Estado do Rio de Janeiro. Destinado a câmaras de comércio e consulados situados no Rio, o evento reuniu no auditório do prédio anexo do Palácio Guanabara representantes comerciais de diversos países que detêm tecnologia de fabricação de equipamentos submarinos e naval offshore – dentre os quais se destacam Noruega, Escócia e Estados Unidos.

O subsecretário de Energia, Logística e Desenvolvimento Industrial, Marcelo Vertis, lembrou o trabalho da AgeRio e destacou o auxílio que o governo do estado vem dando a pequenas e médias empresas de equipamentos submarinos, com articulações que viabilizaram a participação em rodadas de negócios marcadas na Noruega e na Escócia, ainda neste semestre. Vertis ressaltou ainda que o setor de subsea deve investir cerca de 50 bilhões de dólares nos próximos cinco anos.

Marcelo Vertis destacou também a disponibilização de mecanismos de atração de investimentos da Codin e da AgeRio, cujas operações, principalmente linhas de financiamento – sobretudo para micro, pequenas e médias empresas -, foram explicadas no evento pelo diretor de Operações da agência, Dário de Souza.

O subsecretário de Relações Internacionais, Pedro Spadale, anunciou a disponibilização, em breve, de duas iniciativas de apoio a novos negócios – um guia do investidor (Doing Business in Rio) e a criação, em parceria com o BID, de um business directory.

O objetivo principal do seminário, além de intensificar a atração de investimentos para o setor de equipamentos submarinos e naval offshore unificando as agendas dos países junto as suas respectivas câmaras de comercio e consulados, foi buscar cooperação para modelagem institucional do cluster de subsea no estado do Rio de Janeiro.

O seminário também teve a participação de representantes da Onip, Firjan, Petrobras e Sebrae-RJ.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.