Fiscalização apreende dois coletivos em Cosmos e lacra dois na Barra da Tijuca

Prefeitura faz operação de fiscalização da gratuidade na Zona Oeste
 

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, realizou nesta quinta-feira, 18/04, a Operação Gratuidade na Estrada do Campinho, no bairro de Campo Grande, na Zona oeste da cidade. A operação, que visa identificar os ônibus que não param nos pontos para idosos e estudantes uniformizados da rede pública de ensino, flagrou sete coletivos que não respeitaram o benefício. Os coletivos, das linhas 898 (Sepetiba x Campo Grande), 833 (Manguariba x Campo Grande) e 804 (Largo do Arão x Campo Grande), todos do Consórcio Santa Cruz, foram autuados e, juntos, receberam multa de R$ 8.960,00.

 

 

A operação contou com agentes da SMTR e uma idosa voluntária do programa de fiscalização. Ela faz a chamada do ônibus, acompanhada de um fiscal à paisana e, caso o ônibus não atenda a solicitação de parada, o fiscal por rádio, aciona o bloqueio montado no ponto seguinte. Desde novembro de 2012, 463 veículos foram multados pela SMTR por cometerem essa irregularidade.

 

 

A Operação Gratuidade é permanente e realizada em diversos pontos da cidade. Os cariocas podem colaborar, denunciando a irregularidade por meio da central de teleatendimento da Prefeitura 1746, informando local do ocorrido, data, hora e número da linha.

 

 

Fiscalização apreende dois coletivos em Cosmos e lacra dois na Barra da Tijuca

Também no dia de hoje, a fiscalização apreendeu dois coletivos em Cosmos, na Zona Oeste. Os ônibus das linhas 2308 (Cosmos x Carioca)- frescão, e 3558 (Cosmos x Carioca), foram apreendidos por irregularidades no licenciamento. Cada veículo recebeu multa de R$1.200,00. Além disso, os fiscais da SMTR perceberam que a linha 3558 estava operando com frota abaixo do mínimo requerido. Com isso, o Consórcio Santa Cruz será notificado a corrigir imediatamente a disponibilidade da frota e receberá multa de R$ 1.200,00.

 

 

Já no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, a fiscalização da SMTR lacrou o coletivo do Consórcio Transcarioca linha 308 (Central x Alvorada) por licenciamento irregular e outro da linha 309 (Central x Barra da Tijuca) por má conservação do veículo. Para que voltem a circular o consórcio terá que atender as exigências da SMTR e submeter os coletivos à nova vistoria.

 

 

Secretaria Municipal de Transportes | Assessoria de Comunicação Social

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.