Maracanã já está com nova cobertura que protegerá 95% dos assentos

Começaram a instalação das traves e os testes de som e iluminação no estádio
 

Foi concluída nesta terça-feira (9/4) a instalação das 120 membranas de teflon e fibra de vidro da nova cobertura do Maracanã. A etapa seguinte é completar o sistema de vedação, feito com a soldagem das cintas que unem as membranas. Com as fendas completamente fechadas, o público ficará totalmente protegido do sol e da chuva.

 

Projetada por uma empresa alemã, a cobertura é uma experiência inédita em estádios brasileiros por sua grandiosidade e complexidade, transferindo uma nova tecnologia para o país. A cobertura possui 68,4 metros de comprimento e um total de 47 mil metros quadrados de extensão e foi esticada sobre uma estrutura metálica, cobrindo mais de 95% dos lugares do novo estádio. A antiga, de concreto e com 30 metros de comprimento, cobria apenas 40% do público.

 

A estrutura metálica, feita de cabos de aço tensionados e anéis de compressão e tração, além de um catwalk, pesa mais de quatro mil toneladas, com o acréscimo de equipamentos anexados à passarela, como 396 refletores e 78 alto-falantes.

 

Refletores e alto-falantes continuam em teste e traves começam a ser colocadas no gramado

 

Ontem à noite (8/4), começou a colocação das duas traves, que medem 2,40 metros de largura por 7 metros de comprimento. Além disso, os quatro supertelões continuam a receber as placas de imagem de alta definição, e os sistemas de iluminação, composto por 396 refletores, cada um com dois mil watts de potência, e de som, com 78 alto-falantes, iniciaram o período de testes.

0 comentários