Ministro das Cidades visita obras do teleférico do Morro da Providência

As ações do Morar Carioca na comunidade abrangem implantação de novas redes de água, esgoto e drenagem, construção de equipamentos sociais e de 855 moradias
 

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e o secretário nacional de Transportes e Mobilidade Urbana, Júlio Eduardo, visitaram nesta sexta-feira (26 de abril) as obras do teleférico do Morro da Providência, realizadas pela Prefeitura do Rio como parte do projeto Morar Carioca, de urbanização de favelas. Recebidos pelo secretário municipal de Habitação, Pierre Batista, eles estavam acompanhados de uma comitiva composta pelo prefeito de Santos (SP) Paulo Alexandre Barbosa, pelo deputado federal Paulo Roberto Gomes Mansur, e por autoridades das prefeituras de Vitória (ES) e Florianópolis (SC), cidades que também estão planejando a construção de equipamentos semelhantes para facilitar a mobilidade urbana. O grupo visitou suas três estações: Central do Brasil, Praça Américo Brum e Cidade do Samba.

Construído com o objetivo de melhorar a acessibilidade a um dos morros mais íngremes do Rio, o equipamento terá capacidade para transportar cerca de mil pessoas por hora em cada um dos sentidos. Com 16 gôndolas, as cabines têm capacidade para oito passageiros sentados e dois em pé e são feitas de acrílico e alumínio, com assentos de madeira. As obras do teleférico estão na fase final e contam com 400 integrantes, que se concentraram nas montagens, testes elétricos e finalização das obras civis.

Nas obras de urbanização do Morar Carioca na Providência, a Prefeitura está investindo R$ 163 milhões. Deste total, cerca de R$ 75 milhões são destinados à implantação do teleférico em ações que abrangem a construção das estações, montagem das torres, remanejamento da rede de energia e construção de vias de serviços que dão acesso ao equipamento. Outra iniciativa que também irá melhorar a acessibilidade dos moradores na Providência será a construção de um plano inclinado que vai ligar a Ladeira do Barroso à Praça do Cruzeiro. A cabine terá capacidade para 10 pessoas, com acesso adequado aos passageiros portadores de necessidades especiais. Também haverá um espaço acoplado à cabine reservado para o transporte de cargas e do lixo.

As ações do Morar Carioca na comunidade abrangem implantação de novas redes de água, esgoto e drenagem, construção de equipamentos sociais e de 855 moradias. As obras incluem também a implantação de um centro esportivo coberto, a urbanização da Praça Américo Brum, alargamento de ruas, reforma da pavimentação e melhoria das condições de acesso. Já foram entregues um Espaço de Desenvolvimento Infantil (creche) para 200 crianças; um Centro de Trabalho, Emprego e Renda e a reforma da Escola Municipal Francisco Benjamin Galloti.

 

Prefeitura do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.