Operação Legal é ser Legal do Detro recolhe seis ônibus

Paralelamente, os fiscais do Detro atuaram no combate ao transporte complementar ilegal em São João de Meriti, onde uma Kombi foi recolhida e, em São Gonçalo, onde houve a apreensão de outra Kombi
 

Nesta quinta-feira (11/4), o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) realizou a operação “Legal tem que ser Legal” no Terminal de Campo Grande, com o objetivo de verificar as condições dos serviços prestados pelas empresas de ônibus intermunicipais. Como resultado, seis coletivos da Expresso Mangaratiba foram enviados para a garagem da empresa por CRLV atrasado, além de multados por roleta em desacordo com edital, para-brisa trincado, iluminação inoperante e falta de selo, totalizando 22 infrações aplicadas.

 

Paralelamente, os fiscais do Detro atuaram no combate ao transporte complementar ilegal em São João de Meriti, onde uma Kombi foi recolhida e, em São Gonçalo, onde houve a apreensão de outra Kombi.

 

As operações como a “Legal tem que ser Legal” são, em grande parte, norteadas pelas reclamações recebidas pela Ouvidoria do Detro. Por isso, a população pode auxiliar a fiscalização, denunciando as irregularidades no transporte intermunicipal de passageiros pelo telefone (21) 3883-4141 ou pelo email: ouvidoria@detro.rj.gov.br.

 

Governo do Rio

0 comentários