Peça Um Inimigo do Povo terá apresentações até o dia 29 de maio

O espetáculo faz parte do repertório do “Teatro na Justiça”, programa de artes cênicas desenvolvido no âmbito cultural do Tribunal de Justiça desde 1999
 

O espetáculo teatral Um Inimigo do Povo, de Henrik Ibsen, terá duas apresentações na próxima semana, na segunda e na quarta-feira, às 19h, com entrada gratuita. Devido ao grande sucesso de público, a peça teve sua temporada prorrogada e ficará em cartaz até o dia 29 de maio, para que mais pessoas tenham a oportunidade de assistir à montagem. 

 

A montagem, produção do CCPJ-Rio, braço cultural do Tribunal de Justiça do Rio, estreou em novembro do ano passado, na Sala Multiuso do CCPJ-Rio, e teve sua primeira temporada nos meses de novembro e dezembro e a segunda em março deste ano.

A direção, assinada por Sílvia Monte, elege como estrela o veemente texto de Ibsen, que é encenado em sua grandeza de forma muito simples, com um elenco de oito experientes atores: Marcello Escorel (Dr. Tomas Stockmann), Alexandre Mofati (Peter Stockmann), Paulo Japyassú (Aslaksen), Nedira Campos (Catarina Stockmann), Eduardo Rieche (Hovstad), Janaína Prado (Petra Stockmann), Antonio Alves (Morten Kiil) e Diogo Salles (Capitão Horster). O cenário e o figurino são de Ronald Teixeira, e a iluminação, de José Henrique.

A montagem deixa o público totalmente envolvido e perplexo com a extrema atualidade da história escrita em 1882: Tomas Stockmann, médico e idealizador da estação balneária de uma pequena cidade costeira da Noruega, descobre que as águas do local estão contaminadas. Seu irmão, Peter Stockmann, prefeito da cidade, ao perceber que a revelação do médico causará uma crise na economia da cidade e, consequentemente, a desestabilização de seu governo, alia-se à imprensa e à classe média para manipular a opinião pública.

Com o desenvolvimento do enredo, o público depara com assuntos que estão na pauta das discussões de seu dia a dia: manipulação de informação, interesses partidários, jogo político, corrupção, responsabilidade pública, exercício de cidadania, dentre outros, e, concomitantemente, estimula a reflexão sobre temas como ‘ética’, ‘verdade’, ‘poder’, ‘democracia’, ‘alienação’, ‘produção de pensamento’ e ‘liberdade’.

Um Inimigo do Povo foi publicado em Copenhague, em 1882, por Henrik Ibsen (1828-1906), considerado o maior dramaturgo do século XIX e conhecido por denunciar em sua obra a hipocrisia institucionalizada da sociedade de sua época. A estreia aconteceu em 1883, no Teatro Nacional em Oslo. A obra gerou grande repercussão e logo foi traduzida para dezenas de línguas e encenada em diversas partes da Europa. Desde a sua estreia, a peça vem recebendo montagens no mundo inteiro. A adaptação mais conhecida da obra é a do dramaturgo americano Arthur Miller, escrita em 1950 para denunciar o período de “caça às bruxas” nos Estados Unidos durante a Guerra Fria, época em que os possíveis comunistas ou simpatizantes – artistas, cientistas, intelectuais e professores – eram inquiridos, perseguidos e humilhados. Na década de 1980, a tradução do inglês Christopher Hampton retoma Ibsen. A tradução portuguesa escolhida para a atual montagem é de Pedro Mantiqueira, da L&PM.

SERVIÇO
Temporada: de 2 de abril a 29 de maio
De segunda a quarta-feira, às 19h. Não haverá apresentações nos feriados de 1º de maio e 23 de abril.
Local: Centro Cultural do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Antigo Palácio da Justiça – Sala Multiuso
Endereço: Rua Dom Manuel, 29, Centro, Térreo – Rio de Janeiro – RJ
Site: http://portaltj.tjrj.jus.br/web/guest/institucional/centrocultural
Telefones para informações: (21) 3133-3366/ 3133-3368
E-mail: ccpjrio@tjrj.jus.br

 

Assessoria de Imprensa

0 comentários