Rio atinge 28% de cobertura da vacina contra a gripe

Já são 360 mil pessoas imunizadas na cidade, 80 mil somente neste sábado
 

O Município do Rio de Janeiro alcançou neste sábado (20/04), durante o Dia D de Mobilização contra a Gripe, 28% de cobertura do público-alvo da campanha de vacinação contra a doença. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar 80% de cada um dos grupos que compõem o público-alvo, o que representa 1.067.497 pessoas. Somente neste sábado, mais de 80 mil pessoas foram vacinadas (dados ainda parciais), totalizando em torno de 360 mil desde o início da campanha, no dia 15. Os postos de saúde e Clínicas da Família retomam a vacinação na próxima quarta-feira, após o feriado de São Jorge.

Para o Dia D a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou cerca de 360 postos de vacinação em toda a cidade, em unidades de saúde, igrejas, escolas e creches, praças, associações de moradores, pontos comerciais, entre outros, envolvendo 5 mil profissionais de saúde. A vacinação ocorreu das 8h às 17h.

A Campanha de Vacinação contra a Gripe, que vai até o dia 26/04, é voltada para pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis a 23 meses, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, doentes crônicos e profissionais da saúde. Esses são os mais vulneráveis às complicações da gripe, incluindo pneumonias e óbitos. Somente de idosos (que formam o grupo mais numeroso e sensível ao agravamento da doença) já foram vacinados em torno de 300 mil.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B), é segura e a melhor forma de evitar agravamentos, internações ou mesmo óbitos associados à doença. Estudos demonstram que a imunização pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. A vacina é constituída por vírus inativados, por isso não causa a gripe.

Pessoas febris, portadores de doenças neurológicas, com história de alergia grave relacionada a ovo e reação a doses anteriores devem consultar um médico antes de tomar a vacina. Os doentes crônicos – obesos, cardíacos, transplantados, diabéticos, doentes renais ou hepáticos – precisam apresentar prescrição de seus médicos para tomar a vacina.

Os endereços das unidades de saúde que oferecem a vacina podem ser consultados pela Central 1746 ou pelo site http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc.

 

Prefeitura do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.