Avenida Rio Branco terá 700 metros transformados em parque fechado para carros

O projeto é da própria Secretaria Municipal de Obras e prevê a elevação da pista ao nível da calçada, transformando-a em passeio para os pedestres
 

Inaugurada em 1904 pelo ex-prefeito Pereira Passos, durante a reforma urbana do início do século 20, uma das principais avenidas do centro do Rio, a Avenida Rio Branco, terá um trecho de cerca de 700 metros transformado em parque fechado para carros. O comunicado para a licitação de execução das obras foi publicado nesta segunda-feira (13/05) pela Secretaria Municipal de Obras no Diário Oficial do município.

 

O projeto é da própria secretaria e prevê a elevação da pista ao nível da calçada, transformando-a em passeio para os pedestres. Será permitido apenas o tráfego de veículos de abastecimento dos estabelecimentos comerciais, dos prédios com garagens e veículos de emergência.

 

As obras devem começar ainda neste ano e o prazo para execução do projeto é de dois anos, com custo estimado em R$ 87,8 milhões. A licitação será em 13 de junho.

 

No local, estão prédios importantes do centro do Rio, como o Museu de Belas Artes, a Biblioteca Nacional, o Theatro Municipal e a sede da Caixa Econômica Federal. O trecho a ser fechado localiza-se entre as avenidas Nilo Peçanha e Presidente Wilson.

 

Também serão fechados trechos da Avenida Nilo Peçanha e das ruas do Passeio, Evaristo da Veiga e Araújo Porto Alegre. Já as ruas Treze de Maio, Bitencourt da Silva, Manuel de Carvalho, Vieira Fazenda e da Ajuda serão inteiramente fechadas.

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.