Cariocas enfrentam recordes de frio nesta terça (07), após transtornos com as chuvas de segunda-feira

A menor temperatura do Estado foi 7,5°C, no Pico do Couto, em Teresópolis (RJ)
 

Uma frente fria passou na segunda-feira (06) pelo Rio de Janeiro e provocou chuva e ventos fortes. As rajadas chegaram aos 93km/h, de acordo com informações do Alerta Rio. O acumulado na estação oficial do INMET chegou aos 11mm na segunda. O temporal provocou a queda de cerca de 100 árvores e deixou 15 bairros sem energia elétrica. Na manhã de hoje os bairros de Campo Grande, Jacarepaguá e Tijuca continuavam sem luz. Além disso, um homem morreu, quando a van em que ele estava foi atingida por uma árvore.

 

 

Nesta terça (07), depois do temporal, chegou o frio no Estado fluminense. A menor temperatura do Estado foi registrada no Pico do Couto, em Teresópolis (RJ), com mínima de 7,5°C. Em Nova Friburgo (RJ), também na região serrana, os termômetros atingiram os 9,3°C nesta madrugada. Na capital,várias estações meteorológicas registraram recorde de frio do ano, como é o caso da Vila Militar, onde fez 13,9°C e do Alto da Boa Vista, que teve a temperatura mais baixa da cidade em 2013, com 13,5°C.

 

Segundo os meteorologistas da Somar, com a entrada dessa massa de ar mais seco e frio, o tempo volta a ficar firme em todo o Estado fluminense, sem condição para chuva em nenhuma cidade. Apesar da manhã ter sido gelada em boa parte do Rio de Janeiro, o sol que brilha desde cedo e à tarde as temperaturas se elevam, na capital, o sol predomina entre poucas nuvens durante o dia e os termômetros chegam aos 28°C.

 

Na quarta-feira (08), os ventos mais úmidos que sopram do oceano provocam chuvas fracas e isoladas no litoral sul do Rio de Janeiro no começo do dia. O destaque amanhã será o mar, que fica mais agitado. No litoral fluminense a agitação marítima aumenta e há risco de ressacas, com ondas de até dois metros e meio de altura.

 

Outro destaque dessa semana no Rio de Janeiro ficará por conta da madrugada de quinta-feira (09) , que será gelada no Estado. Segundo os meteorologistas da Somar, as temperaturas estarão mais baixas pela manhã, por isso várias cidades fluminenses baterão recorde de dia mais frio do ano até o momento.

 

Informações da assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.