Operação barreira fiscal amplia atuação no Estado

Ação fiscaliza o trânsito de mercadorias no estado e coíbe a sonegação de ICMS
 

Com a marca de mais de 10 milhões de veículos abordados em três anos, a Operação Barreira Fiscal amplia cada vez mais a sua atuação no estado. No primeiro trimestre deste ano, foram aplicadas 7.435 multas, que representam um crescimento de 81% em relação ao mesmo período de 2012.

 

Iniciada em fevereiro de 2010, a ação tem o objetivo de fiscalizar o trânsito de mercadorias no estado e coibir a sonegação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Atualmente, também atua na apreensão de drogas, armas e produtos pirateados, além de combater crimes ambientais.

 

O programa conta com 194 policiais militares, 145 agentes da Secretaria de Governo, 150 auditores fiscais, além da parceria com outros órgãos estaduais. A atuação dos agentes acontece nos postos de Angra dos Reis, Levy Gasparian, Mato Verde, Timbó e Nhangapí, além da unidade volante.

 

O subsecretário de Governo e coordenador da Operação Barreira Fiscal, Reynaldo Braga, afirmou que a implantação de um novo posto está prevista para o ano que vem.

 

“Trabalhamos com equipes volantes nas estradas vicinais em todo o estado, que abastecem com informações o setor de inteligência da Secretaria de Fazenda. Com base nessas informações, estudamos para 2014 um posto fixo na região de Jamapará, perto de Sapucaia.”,  disse Braga.

 

 Aumento da fiscalização

 

No primeiro trimestre de 2013, os agentes registraram 570 ocorrências policiais. Em três anos, esse número chega a 3.464. Só em apreensão de drogas, foram 536 este ano, com total de 2.943 desde o início das operações.

 

Agência Brasil

0 comentários