Restauração de pontes na RJ-122 próxima da conclusão

As pontes estão compreendidas sobre cinco rios que cortam a estrada: Rabelo, Iconha, Paraíso, Guapiaçu e Rabelo
 

A RJ-122, rodovia recém-reformada com a inovadora e premiada tecnologia do asfalto borracha, que liga os municípios de Guapimirim e Cachoeiras de Macacu, está muito próxima de receber mais um pacote de melhorias. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) finaliza os serviços de restauração estrutural e alargamento de cinco pontes que integram a via. Os serviços estão na fase de acabamento e a pavimentação das pontes ocorrerá durante os próximos dias.

 

O Governo do Estado, através do DER-RJ, autorizou a liberação de aproximadamente R$ 10 milhões para a execução dos trabalhos. As pontes estão compreendidas sobre cinco rios que cortam a estrada: Rabelo, Iconha, Paraíso, Guapiaçu e Rabelo.

 

Para que as obras transcorressem sem causar maiores transtornos à população, o DER-RJ optou pela utilização do sistema Pare e Siga. A cada 15 minutos a via era totalmente fechada para a colocação das vigas de sustentação, que foram alocadas aos pilares previamente ajustados. Importante ressaltar que a RJ-122 esteve totalmente sinalizada e agentes de trânsito estiveram à disposição dos motoristas.

 

Ao todo 100 funcionários foram e ainda estão envolvidos na realização dos serviços, que contam ainda com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). O DER-RJ utilizou ainda um vasto maquinário, composto por: escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, guindastes, pás-mecânicas, bate-estacas, caminhões de massa e perfuratriz para estacas.

 

O Maurício de Souza, responsável pela fiscalização da obra, destaca alguns pontos importantes do projeto:

 

“O objetivo desta ação é garantir maior fluidez e segurança ao intenso tráfego que utiliza a rodovia diariamente. Com o reforço estrutural aplicado às pontes, que recebem diariamente um intenso e pesado volume de tráfego, a RJ-122, rodovia recém-reformada, estará totalmente capacitada para atender com sucesso a demanda diária.”

 

O diretor de Obras de Operação e Conservação Metropolitana do DER-RJ, Aécio Castro relembra a importância da RJ-122 e ressalta o legado da obra:

 

“A reforma da RJ-122 com o asfalto borracha, técnica utilizada também na pavimentação e alargamento das pontes, será utilizada em diversas outras rodovias, garantindo maior durabilidade, sustentabilidade e aumentando a qualidade do asfalto utilizado.”

 

Com 36 quilômetros de extensão, a RJ-122 liga o bairro de Parada Modelo, no município de Guapimirim, ao bairro Setenta no município de Cachoeiras de Macacu, sendo a principal via de acesso para a região de Subaio. A rodovia possui um intenso tráfego de caminhões e grande número de propriedades rurais na região. A estrada também serve como rota alternativa aos motoristas que querem evitar os engarrafamentos da Ponte Rio-Niterói e Niterói-Manilha. Recentemente o DER-RJ reformou os 36,0 km da rodovia utilizando 54 mil toneladas de pó de borracha provenientes de 200 mil pneus reciclados. Entre os benefícios dessa nova tecnologia estão a redução de custos a longo prazo e o aumento da vida útil das estradas.

 

Governo do Estado

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.