Caixa atinge R$ 51 bilhões em crédito imobiliário

De acordo com o diretor de Habitação da CAIXA, Teotonio Rezende, os volumes alcançados no crédito imobiliário
 

A Caixa Econômica Federal atingiu um volume de R$ 51,2 bilhões em contratações de crédito imobiliário, nos primeiros cinco meses deste ano, representando um crescimento de 39,7% em relação ao mesmo período de 2012, quando foram aplicados R$ 36,65 bilhões. Até 31 de maio de 2013, o banco assinou um total 572 mil contratos, correspondente a aplicação média diária de R$ 502 milhões e 5.600 contratos por dia. A meta da CAIXA é aplicar R$ 126 bilhões no crédito para casa própria, até o final de 2013.

 

 

Do total aplicado, R$ 31 bilhões foram destinados à aquisição de imóveis prontos (novos ou usados) e R$ 20,2 bilhões ao financiamento para produção de empreendimentos habitacionais. A participação dos imóveis novos foi de 65%, sendo o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) o principal responsável pelo crescimento da participação dos imóveis novos, no volume total de aplicações em financiamentos habitacionais realizados pela CAIXA.

 

 

De acordo com o diretor de Habitação da CAIXA, Teotonio Rezende, os volumes alcançados no crédito imobiliário, e os recordes na habitação, são resultado da conjugação das condições da economia, crescimento de renda da população, da ampliação do acesso à casa própria, proporcionado pelo PMCMV e das melhorias permanentes, que a CAIXA vem implementando nos produtos e processos relacionados ao crédito imobiliário.

 

 

Feirão CAIXA cresce em 13%:
Até o dia 26 de maio de 2013, a 9ª edição do Feirão CAIXA da Casa Própria registrou mais de 319 mil visitantes, com volume de mais de R$ 12,2 bilhões, em negócios assinados e encaminhados, o que representa um crescimento de 13,08%, em comparação à edição anterior, que realizou R$ 10,82 bilhões em negócios. Ainda com cronograma previsto para as cidades de Belém (PA), Campinas (SP) e Recife (PE), no período de 14 a 16 de junho, o Feirão CAIXA já superou o volume de negócios realizados na edição anterior.

 

 

As cidades de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Uberlândia (MG), receberam o evento no período de 3 a 26 de maio.

 

Caixa

O destaque desta edição do Feirão é: quem contrata financiamento imobiliário, no período do Feirão, poderá pagar a primeira prestação em janeiro de 2014. A condição é válida para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que forem concedidos durante o Feirão ou em uma das agências da CAIXA.

0 comentários