Complexo do Alemão é destaque nas redes sociais

Renê Silva usou a internet para contar o início da nova história da comunidade
 

A pacificação do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, foi acompanhada por milhares de pessoas por meio das lentes de TV e documentada de dentro das casas dos moradores das comunidades. Das janelas, a notícia ganhou o mundo, e um dos personagens importantes dessa história foi Renê Silva, um jovem de 17 anos que contou através das redes sociais os acontecimentos que marcaram o complexo de favelas.

 

– Eu postava no Twitter porque meus amigos queriam saber o que estava acontecendo no Alemão. Os moradores também queriam os detalhes da pacificação. Isso tomou uma grande dimensão e pessoas de todo o Brasil e do mundo ficaram sabendo – disse Renê.

 

O trabalho de comunicação no Morro do Adeus começou antes de 2010, início do processo de paz no Alemão. O jovem começou a se dedicar ao jornalismo aos 11 anos de idade, no jornal de sua escola. Anos depois, Renê Silva criou o impresso A Voz da Comunidade, que começou com a distribuição de 100 exemplares e hoje rompe fronteiras por meio da internet. A página do jornal no Twitter passou de 180 seguidores, antes da pacificação, para 30 mil.

 

– As pessoas da comunidade encontraram no jornal suas vozes. Quero expandir esse projeto – afirmou o jovem, que participou ainda da novela Salve Jorge, recebeu prêmios nacionais e internacionais e virou referência do complexo de comunidades.

 

Governo do Rio

0 comentários