Detran publica regras para bônus por desempenho para funcionários

Servidores terão que obter pontuações maiores para garantir prêmio, que pode chegar a dois salários
 

O Detran publicou na quarta-feira (26/06) uma portaria com as novas regras para aperfeiçoar o sistema de bonificação por desempenho. A partir de agora, os cerca de 2.200 servidores terão que obter pontuações maiores para garantir o prêmio, que pode chegar até dois salários extras. O pagamento do segundo bônus, referente ao primeiro semestre deste ano, será feito na folha de setembro.

Do prêmio total, 80% correspondem ao índice da Avaliação Institucional. Os outros 20% dependem unicamente do desempenho do funcionário, que será avaliado em treze quesitos, com pontuação de 1 a 4. Entre as mudanças está a alteração das faixas de pontuação da avaliação individual.

 

Se antes o funcionário precisava de 48 a 52 pontos para atingir os 20%, agora terá de ficar acima de 50 para alcançar o nível. Para chegar aos 15%, deve ficar entre 46 e 49, enquanto os 10% dependem de 42 e 45 pontos e os 5% de 36 a 41.

 

Os textos dos 13 fatores analisados também foram modificados para aumentar os desafios e, consequentemente, melhorar os serviços prestados pelo órgão aos cidadãos. Como exemplo, tem-se a alteração no quesito produtividade. Antes, cumprir certo volume de trabalho num determinado tempo era o requisito. Agora, para conseguir a nota 4 será preciso superar o esperado para a função e produzir ainda mais.

 

O número de salários a mais a serem concedidos depende principalmente do cumprimento das metas institucionais. Se o percentual ficar entre 90% e 105%, será concedido um salário extra. Se for entre 105% e 120%, corresponderá a 1,5 salário. Se ficar acima de 120%, dois salários extras servirão de base para o cálculo.

 

– O sistema de bonificação por atingimento de metas implementado no Detran no ano passado trouxe inquestionável vantagem administrativa, com o engajamento do seu corpo funcional para obter melhores resultados operacionais, refletindo, por consequência, numa expressiva melhoria de qualidade de atendimento aos clientes. A meritocracia no segmento público é uma demonstração clara de administração governamental comprometida com práticas modernas de atuação, visando prover serviços com eficácia e eficiência à população – afirmou Fernando Avelino, presidente do Detran.

 

Embora as metas de cada setor sejam definidas para o ano, o novo método vai considerar a média do semestre. A apuração começa no próximo mês e, em seguida, inicia-se a fase de avaliação individual dos servidores pelos gestores. Depois que as notas forem publicadas, os funcionários poderão pedir uma consideração se discordarem da pontuação. Se esta não for aceita, poderão entrar com um recurso na Comissão de Avaliação de Desempenho.

 

Em abril, dos 1.872 servidores aptos a participar da avaliação, 334 receberam o prêmio maior. A maioria, 1.057, ganhou 1,5 salário, e 268 embolsaram um vencimento a mais. Em seus levantamentos, o Detran já percebe as melhorias conquistadas após a implementação da meritocracia. A média de espera para o agendamento do Certificado de Registro de Veículo, por exemplo, caiu de 23 dias em 2011 para quatro dias.

 

Governo do Estado

0 comentários