Estado lança campanha contra o tráfico de pessoas e trabalho escravo

Projeto, em parceria com instituição britânica, acontece no Alemão até o próximo dia 3
 

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com a ONG Stop the Traffik, lançou neste sábado (29/6) o Movimento Gift Box Rio de Janeiro na Estação Bonsucesso do Teleférico do Alemão. O objetivo da ação é alertar a população para o enfrentamento ao tráfico de pessoas e a erradicação do trabalho escravo.

 

 

O Governo do Estado trabalha para combater o tráfico de pessoas e o trabalho escravo por meio do Comitê de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e o Núcleo para a Erradicação do Trabalho Escravo.

 

 

– A campanha é uma iniciativa de conscientização da população para estes graves problemas, que ainda persistem nos dias de hoje. Casos de pessoas que foram vítima de trabalho escravo e de tráfico de pessoas estão expostos nesta caixa. O Rio de Janeiro, além de ser sede de grandes eventos, é um dos principais destinos turísticos do país. Por isso, a campanha está sendo lançada durante a Copa das Confederações – afirmou o secretário de Assistência Social, Zaqueu Teixeira.

 

 

Para chamar a atenção de quem passa pela estação do Teleférico do Alemão, uma grande “caixa de presente” foi montada no local. A Gift Box funciona como uma peça de arte informativa, que mostra como os traficantes enganam as suas vítimas com falsas promessas de trabalho, além de histórias reais, que foram fornecidas por organizações que atuam com o tema. Os nomes foram alterados e as fotografias usadas são de modelos para proteger a identidade das pessoas em situações de tráfico.

 

 

– Eu tive a curiosidade de entrar na caixa porque vi a frase: “Conheça o Mundo e Ganhe um Bom Dinheiro”. Pensei que se tratasse de uma oportunidade de trabalho, e levei um susto ao me deparar com a imagem e o depoimento das vítimas que foram enganadas. Ficou a lição: Não devemos acreditar piamente nos que é informado à primeira vista – disse a professora Rosângela Pereira Laranjeiras.

 

 

A Gift Box ficará na Estação de Bonsucesso até a próxima quarta-feira (3/7). Durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o projeto passará pelos seguintes locais: Central do Brasil (15/7 a 18/7), Duque de Caxias (19/7 a 21/7), Copacabana (22/7 a 25/7) e Campo Grande (26/7 a 28/7). Após a JMJ, entre os dias 29 de julho e 2 de agosto, será a vez de a Cinelândia receber a campanha, que continuará na Copa do Mundo 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

 

 

O Movimento Gift Box foi criado no Reino Unido pela ONG Stop the Traffik, durante as Olimpíadas de Londres, em 2012, em cooperação com a United Nations Global incentive to Fight Human Trafficking.

 

 

No Rio de Janeiro, o projeto é coordenado pela secretaria e pela Organização Internacional do Trabalho, em parceria com a ONG Jocum (Projeto KICK-OFF), Exército da Salvação, Etnia Rio/JMM e Supervia.

 

Governo do Rio

0 comentários