Imperator – Centro Cultural João Nogueira completa um ano

Espaço revitalizou o Méier e reassumiu a posição de referência cultural na Zona Norte
 

O Imperator – Centro Cultural João Nogueira celebra seu 1º aniversário nesta quinta-feira (13/06) comemorando a marca de quase 750 mil visitantes, uma média de 62 mil por mês. Foram 447 apresentações de 102 grupos ou artistas individuais que emocionaram e animaram o público, vindo de todas as regiões da cidade, e ajudaram a revitalizar o Méier e a devolver à tradicional casa de espetáculos sua posição de referência cultural na Zona Norte do Rio.

 

O tradicional Imperator foi rebatizado em homenagem ao cantor e compositor João Nogueira, criado no Méier. Neste primeiro ano, já passaram por seu palco grandes nomes da música internacional, como Stevie Wonder, Ron Carter, Tame Impala e Jon Anderson; e nacional, como Arlindo Cruz, Marina Lima, Fernanda Abreu, Zélia Duncan, Teresa Cristina, Ana Carolina e Martinho da Vila.

 

– Meu pai morou muitos anos no Méier e é um bairro pelo qual tenho muito carinho. Fico muito feliz com o sucesso do Centro Cultural João Nogueira, um espaço onde é oferecida uma programação tão bacana para o público de todos os gostos – disse o cantor Diogo Nogueira, filho de João Nogueira.

Aberto pela Prefeitura do Rio em 15 de junho de 2012, depois de um longo processo de revitalização, o Imperator – Centro Cultural João Nogueira tem uma programação vasta, que inclui artes cênicas, música, cinema e artes visuais. O espaço é composto por uma área externa com bilheteria e cafeteria, teatro, cinema, sala de exposição e terraço.

Neste fim de semana, a casa abre para festejar o primeiro ano de atividades com o público. A festa começa no sábado (15/06) com uma maratona de atividades durante todo o dia, das 10h às 22h, além de brincadeiras e distribuição de brindes para a criançada. No domingo, a partir das 17h, é a vez do Arraiá do Imperator, no Terraço Alto Méier, com música ao vivo com a banda de forró Para Todos e a quadrilha junina da Escola Balleto de Dança. Os eventos são gratuitos.

Entre os dias 15 e 31/06, o Imperator recebe shows das cantoras Martnália e Zélia Duncan e do Paralamas do Sucesso, o espetáculo infantil ‘A Bela Adormecida por Lasanha e Ravioli’ e o espetáculo ‘Os homens são de Marte… E é pra lá que eu vou’, com a atriz Mônica Martelli.

Moradora do Méier há 56 anos e frequentadora assídua do antigo e, agora, do novo Imperator, a aposentada Neide Toledo, 62, diz ter assistido a 80% das atrações que passaram pelo espaço nestes 12 meses de atividade.

– O Imperator foi a melhor coisa que aconteceu pra mim, pois antes não tinha nada aqui. Eu não saia para lugar nenhum porque tudo era longe e eu não me animava em ir sozinha. Agora, eu me animo porque posso vir a pé me divertir e fazer amigos, aqui é um ponto de encontro e de convivência para todas as idades – disse Neide, praticamente dona das cadeiras cativas D1 e E1, lugares onde assistiu aos espetáculos preferidos: ‘Ensina-me a viver’ e ‘Sassaricando’.

Localizado no número 170 da Rua Dias da Cruz, uma das principais vias do Méier e da cidade, o Imperator foi inaugurado na década de 1950, quando era considerado o maior cinema da América Latina. Nos anos 90 ele foi transformado em casa de shows e recebeu importantes nomes do cenário musical, como Tom Jobim, Bob Dylan, Tina Turner e Peter Gabriel. No entanto, em 1995, as atividades foram encerradas e por longos 16 anos as portas do espaço permaneceram fechadas.

Através de uma iniciativa da Prefeitura do Rio, o antigo espaço desativado, onde funcionava uma feira de artesanato, passou por uma reforma que transformou o Imperator num Centro Cultural, com um teatro com capacidade para 642 lugares (ou 1060 pessoas de pé), três salas de cinema, além da Sala para Exposição e um terraço. O espaço é administrado pela Secretaria Municipal de Cultura e tem a produtora cultural Aniela Jordan à frente da residência artística.

– A reinauguração do Imperator foi um marco e a população estava esperando por ele há muito tempo. E surpreendeu, reabrindo melhor do que as pessoas esperavam. Ele não é só um Centro Cultural. Existe uma diversidade de coisas para se fazer lá dentro. E uma coisa leva a outra. Você entra para ir ao cinema, ou para tomar um café, aí descobre que tem uma exposição e vai conferir – disse Aniela, comemorando o ano de sucesso.

Durante toda a semana, incluindo sábados e domingos, as áreas livres do espaço são frequentadas por famílias e jovens de todas as idades. Como a habitué Maria do Carmo Ferreira, 80 anos. Do Carmo mora em frente ao Imperator e garante que a reforma do espaço só trouxe benefícios, a começar pela valorização dos imóveis da região:

– O Imperator é o quintal da minha casa. Já fui a tudo o que é tipo de espetáculo, até teatro infantil. Todo dia dou uma passadinha ali. A gente estava mesmo precisando de um lugar para se divertir e passar o tempo. O pessoal gosta de vir aqui para deitar, namorar, estudar, passear. Eu gosto de fazer amigos. E aqui até os funcionários são muito legais e atenciosos.

SERVIÇO

www.imperator.art.br

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Capacidade de público por área do espaço:
Foyer: 200 pessoas
Café: 72 pessoas (18 mesas de 4 cadeiras)
Casa de espetáculos/teatro – 642 pessoas sentadas ou 1.060 pessoas em pé
Cinemas: 394 lugares, somando as três salas
Salas de exposição: até 100 pessoas
Terraço / Jardim: até 150 pessoas
Horário de funcionamento do Centro Cultural: segunda a sexta, das 13h às 22h; sábados e domingos, das 10h às 22h.
Horário de funcionamento da bilheteria: terças e quartas, das 13h às 20h; quintas e sextas, das 13h às 21h30; sábados, das 10h às 21h30; e domingos, das 10h às 19h30.
Informações: 2596-1090 (das 9h às 12h/13h às 18h)
Informações sobre o cinema: 2461.2461
Forma de pagamento para o teatro: dinheiro e cartões Dinners, Master (débito e crédito), Visa (débito e crédito)

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.