Polícia Civil terá delegacia móvel na Copa das Confederações

Ônibus com quatro terminais ficará no entorno do Maracanã para registrar ocorrências
 

A Polícia Civil estará mais perto dos torcedores que forem ao Maracanã para a Copa das Confederações. Uma delegacia móvel montada em um ônibus adaptado vai funcionar no entorno do estádio para registrar ocorrências de menor complexidade. Dotada de quatro terminais, a unidade vai contar com um delegado e seis policiais, além de um agente habilitado para atender em inglês e espanhol e um perito de documentos.

 

 

De acordo com o subchefe de Polícia Operacional, delegado Fernando da Silva Veloso, o veículo também servirá de base às ações do Núcleo de Apoio aos Grandes Eventos (Nage). Coordenado pela Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat), o grupo reúne oito unidades especializadas com objetivo de evitar tumultos, investigar ação de cambistas e de torcida organizada.

 

 

– A delegacia móvel é uma pronta resposta. Levamos o serviço ao local da demanda para evitar o deslocamento das pessoas e das forças policiais até uma unidade. Dependendo da conexão da internet, o R.O (registro de ocorrência) já vai cair na base de dados da polícia. É a primeira vez que este equipamento será usado em um jogo de futebol – disse Veloso.

 

 

O local onde o ônibus será estacionado ainda depende de definição do veículo do Tribunal de Justiça do Rio, já que o Juizado Especial Criminal funcionará na região durante o jogo. A delegacia móvel também vai operar em conjunto com o furgão do Instituto Félix Pacheco (IFP), que utiliza um equipamento de leitura de digital biométrica para agilizar a identificação de suspeitos. Depois de pesquisa automatizada na base de dados do órgão, é possível saber se a pessoa tem mandado de prisão, anotação criminal ou passagem pelo sistema penitenciário.

 

 

Reforço nas delegacias da região do Maracanã

Além da unidade móvel no estádio, Veloso afirmou que as delegacias da região – 18ª DP (Praça da Bandeira), 19ª DP (Tijuca) e 20ª (Vila Isabel) – vão ganhar reforço extraordinário para a Copa das Confederações.

 

 

– Temos um planejamento que mobiliza um elevado número de policiais para atender quaisquer eventuais picos de demanda por causa da grande concentração de pessoas. As unidades com interesse no evento, como aquelas perto de hospedagem de delegações, também poderão receber reforço – explicou o subchefe de Polícia Operacional.

 

 

Para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o Ministério da Defesa ainda vai definir em qual local o ônibus da Polícia Civil será estacionado para atender aos peregrinos e registrar as possíveis ocorrências.

 

Governo do Rio

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.