Ações em defesa do consumidor aumentam no Rio

Em apenas cinco meses, secretaria expediu mais de 500 autos de infração
 

Criada em fevereiro deste ano, a Secretaria de Proteção e Defesa do Consumidor, que tem como autarquia o Procon, intensificou o trabalho de fiscalização no Estado do Rio. Em apenas cinco meses foram expedidos 572 autos de infração.

 

Defesa do Consumidor - Operação Secos e Molhados

 

As irregularidades foram identificadas por meio de operações em supermercados, restaurantes, lojas e companhias de ônibus. Denúncias feitas pelo telefone 151 também ajudaram a pasta estadual a multar estabelecimentos comerciais e empresas. Somente no primeiro semestre de 2013 foram realizadas 77 ações de vistoria.

 

Postos de atendimento ajudam o cidadão

 

Em sua 11ª edição, a operação Roleta Russa, por exemplo, já autuou 55 empresas de ônibus. No total, 526 veículos foram interditados. Destes, 391 carros já foram liberados após nova vistoria.

 

Os consumidores também são atendidos nos sete postos do Procon no estado (Rua da Ajuda, Central do Brasil, Cantagalo, Bangu, São João de Meriti, Niterói e São Gonçalo). Além disso, a negociação entre consumidor e empresa pode ser feita por meio do ‘Expressinho’, outro serviço oferecido pela autarquia. Somente nos meses de abril e maio 28.153 atendimentos foram concluídos.

 

Morador de Jacarepaguá, Marcelo Coelho, de 48 anos, recorreu ao serviço para solucionar pendências em sua conta de luz.

 

“O atendimento foi ágil. Já vou resolver o meu problema”, disse Marcelo.

 

Governo do Estado

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.