Alunos da rede estadual apresentam criações na Semana de Arte

Evento reúne 15 mil estudantes e professores de todas as regiões fluminenses
 

Apresentações, oficinas e atividades ligadas à música, teatro, literatura, dança e artes visuais marcaram a abertura da 2ª Semana de Arte das Escolas Públicas Estaduais, realizada na terça-feira (09/07) pela Secretaria de Educação, no Píer Mauá, na Zona Portuária do Rio. Durante o evento, que acontece até sábado (13/07), mais de 15 mil estudantes e educadores de toda a rede estadual fluminense contemplarão um espaço de mais de 4 mil metros quadrados, divididos em 12 setores com instalações interativas, lounges, palcos, exposições, oficinas, palestras e saraus literários.

 

Alunos da rede estadual apresentam criações na Semana de Arte

 

O projeto tem como objetivo reunir trabalhos realizados por alunos durante o ano letivo, articulados ao Currículo Mínimo da disciplina de Arte. Trezentos projetos selecionados, entre dança, música, teatro e poesia, serão apresentados durante a semana. De acordo com a assessora especial da Superintendência Pedagógica da secretaria, Inês Silva, o sucesso da primeira edição foi tão grande, que a Semana de Arte passou a fazer parte do calendário escolar.

 

“Nós temos como meta valorizar e divulgar as diversas linguagens artísticas desenvolvidas na rede. Durante esses cinco dias, há a culminância de todas essas atividades, que atreladas ao Currículo Mínimo de Arte, criado este ano, desempenham um fim pedagógico. Além disso, haverá tardes de autógrafos com professores-autores. Isso representa também a valorização do servidor no estado”, afirmou a assessora.

 

Para Elza Gonçalves, diretora do Colégio Estadual Barão de Santa Maria Madalena, localizado na Região Serrana, a semana representa um marco na vida dos alunos, que fazem parte de uma área rural com poucas opções de eventos culturais.

 

“Nós chegamos a levar quase quatro horas para chegar aqui e está valendo muito a pena. Alguns dos nossos alunos nunca participaram de um evento como este, que ainda desenvolve a integração dos municípios”, disse a diretora.

 

Estudantes incentivados em oficinas

 

Após sair entusiasmado da oficina de teatro Corpo em Movimento, o aluno do CIEP 448, em Itaipu, em Niterói, Victor Benoni pretende investir em mais cursos de arte cênica.

 

“Me diverti muito com esse meu primeiro contato com o teatro. Foi impressionante perceber como nos expressamos por meio do corpo, sem darmos conta disso. Vou aproveitar para acompanhar minha namorada, que está começando um curso de teatro”, explicou o jovem de 17 anos.

 

Apresentando-se pela primeira vez no evento com a banda do Colégio Estadual Amanda Velasco, em São Gonçalo, Gustavo Kaoyen, de 18 anos, aprovou a oportunidade de conhecer diversas linguagens artísticas.

 

“Esse evento incentiva o aluno a estudar, produzir e conhecer várias áreas. Adorei o espaço de leitura, onde todos os estudantes ganharam um livro de presente”, contou Gustavo.

 

Novidade desta edição, a parceria entre a Secretaria de Educação e entidades internacionais, como o Instituto Chinês Confúcio e o Centro Cultural Brasil Turquia, promovem exposições fotográficas e oficinas artísticas. Estão previstas ainda palestras com personalidades do cinema e da literatura, como os imortais Evanildo Bechara, Merval Pereira e o cineasta Nelson Pereira dos Santos. O projeto Cinema para Todos também marca presença no encontro, com um espaço para exibição de sessões cineclubistas e filmes produzidos por estudantes.

 

Governo do Estado

0 comentários