Guardas municipais prendem 31 pessoas no entorno do Maracanã

Durante o jogo Brasil e Espanha, pelo menos dois torcedores precisaram ser atendidos e encaminhados a hospitais municipais, um deles com um trauma no tórax e outro com dores no peito
 

Guardas municipais e agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública prenderam 31 pessoas no domingo (30/06), no entorno do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. Foram 16 por furto, 12 por tentar vender ingressos ilegalmente e três pessoas por comércio de produtos ilegais.

 

Durante o jogo Brasil e Espanha, pelo menos dois torcedores precisaram ser atendidos e encaminhados a hospitais municipais, um deles com um trauma no tórax e outro com dores no peito.

 

Além disso, o metrô do Rio de Janeiro levou cerca de uma hora para transportar 37 mil torcedores depois do jogo. De acordo com a prefeitura do Rio de Janeiro, o movimento de saída da final da Copa das Confederações se concentrou das 21h40 às 22h40.

 

De acordo com a prefeitura, 141 veículos foram multados e 101, rebocados por estacionamento irregular nas proximidades do estádio. Na repressão ao comércio ambulante não autorizado, mais de 2,6 mil itens foram apreendidos.

 

Agência Brasil

0 comentários