‘O Inventor de Sonhos’ lança primeira ação interativa em seu portal de conteúdo

PRODUTORA INDÚSTRIA IMAGINÁRIA PROMOVE O ‘GRAFIART’, CONCURSO CULTURAL EM QUE O PÚBLICO RECRIA LIVREMENTE O CARTAZ DO FILME
 

Estimular a arte urbana e promover um diálogo aberto entre o público e o filme. São estes os objetivos da promoção “Grafiart”, primeira ação de interatividade desenvolvida pela produtora Indústria Imaginária, dentro das propostas para o lançamento de “O Inventor de Sonhos”. A ideia é que o público recrie o cartaz do filme (este acima) através de seu próprio desenho e criatividade. As instruções do concurso já estão disponibilizadas no site do filme (www.oinventordesonhos.com) para os interessados.

 

 

Para participar o “artista” entra no portal na seção “Interatividades” e lá deve fazer o download do cartaz. Em seguida já está tudo pronto para que a imaginação seja colocada em prática. A interferência sobre o material é livre e pode ser usada qualquer técnica ou programa (Photoshop, Ilustrator, imprimir e redesenhar, scanear, etc.), desde que o desenho e concepção originais do cartaz permaneçam como forma de não se distanciar totalmente da peça original, promovendo uma renovação, um diálogo diferenciado, inusitado.

 

 

Ao concluí-la, o candidato deve fazer um upload de sua versão preenchendo seus dados e e-mail no próprio site. Com a obra finalizada ela poderá ser conferida duas vezes: no site e também em uma exposição física em local a definir na cidade do Rio de Janeiro. Uma comissão de notáveis vai escolher as 50 melhores releituras que serão publicadas na página de “O Inventor de Sonhos” com a assinatura do artista e expostas, futuramente, em data ainda a definir. Este júri será composto de profissionais das áreas de comunicação, cultura, artes em geral e cinema.

 

 

Os selecionados recebem a confirmação por e-mail ou através do contato cadastrado. Com a obra selecionada e publicada no site, o artista, clicando em cima de sua própria releitura, tem a chance de interagir diretamente com o público, admiradores, curadores e outros artistas, através de um chat.

 

 

Para mais informações sobre a Grafiart e o filme acesse o site www.oinventordesonhos.com e o Facebook da produtora facebook.com/Indústria Imaginária (https://www.facebook.com/pages/Ind%C3%BAstria-Imagin%C3%A1ria/269898686480126).

 

 

O Filme

Como um “Forest Gump” do século XIX, onde trama e personagens sofrem reviravoltas, “O Inventor de Sonhos”, dirigido e produzido por Nauemberg, conta a saga de dois garotos no Rio de Janeiro de 1808. José Trazimundo (Ícaro Silva) é um brasileiro mestiço, filho de uma escrava negra e de um artista europeu que não chegou a conhecer. Luis Bernardo (Miguel Thiré) é um jovem português, filho de um duque que chega ao país na comitiva do Rei de Portugal. Em busca de suas origens, o jovem Trazimundo sonha reencontrar seu verdadeiro pai, acreditando que contará com a ajuda do seu novo amigo, Luis Bernardo. O destino dos dois se cruza durante os 13 anos de permanência da Corte Portuguesa no Brasil até quando disputam o amor da bela escrava Iaínha (Sheron Menezzes). Guerras, conflitos, escravidão, aventura e romance embalam a procura do rapaz por sua origem, numa história que revela as relações conturbadas entre europeus e brasileiros e mostra um pouco da essência de todos nós.

 

 

 

Concebido, para contar fatos da História do Brasil de forma simples e atrativa, o longa foi cuidadosamente produzido. A preparação de elenco contou com Ernesto Piccolo e Guida Vianna. Nomes como Ícaro Silva, Sheron Menezzes e Miguel Thiré formam o trio de protagonistas do filme, que traz ainda Stênio Garcia, Luís Carlos Vasconcelos, Ricardo Blat, Roberto Bonfim, Sergio Mamberti, Guilhermina Guinle, Emilio Orciollo Neto, Letícia Spiller e Debora Nascimento. A computação gráfica e a fotografia são assinadas por Toni Cid e Rodrigo Monte, respectivamente. A pesquisa histórica contou com a curadoria do grupo PH e da antropóloga Lilia Schwarcz.

 

Portal ‘O Inventor de Sonhos’

Mais do que um site sobre um filme, www.oinventordesonhos.com é uma plataforma de educação e de entretenimento que aborda fatos reais do Brasil colônia contextualizando com acontecimentos mundiais do século XIX. Criado pela produtora Indústria Imaginária, o portal serve como fonte de informação sobre a história do país.

 

 

São mais de dez seções que apresentam o longa-metragem ao público. “Filme”,“Personagens”, “Diretor”, “Fotografia”, “Computação Gráfica”, “Story Board”, “Rio Antigo”, entre outras páginas mostram aos visitantes como surgiu a ideia da produção; quem são os atores participantes e suas principais características; como foram feitas as cenas em computação gráfica e a trilha sonora do filme. Também há uma seção destinada aos chats com atores e diretor, exibição ao vivo de eventos relacionados ao filme e interatividade, que estimula a participação do internauta.

 

 

Plataforma em contínua atualização, o site “O Inventor de Sonhos” promete trazer a cada semana novidades aos visitantes. Novas fotos, vídeos apresentando os personagens, entrevistas e atividades interativas com premiação serão anunciadas até a estreia do longa.

 

 

A produtora

A Indústria Imaginária foi criada em 1988 por Ricardo Nauenberg e se consolidou como uma empresa geradora de conteúdo com um enfoque direcionado para multiplataformas. Trabalhos nas áreas de TV, cinema, design, internet, exposições e até na concepção de eventos já foram desenvolvidos pela produtora.

 

 

Logo no primeiro ano de existência, a empresa engajou-se na montagem da TVA, primeira TV a cabo no Brasil (propriedade do grupo Abril), e no desenvolvimento de série de ficção para a Rede Manchete. Outros mercados se abriram: produção de comerciais, desenvolvimento de identidade visual para redes de televisão (entre elas o Canal Rural e a própria TVA), criação da primeira grande série de pílulas para a TV (projeto “Carlton Dance” sobre dança contemporânea, comercializada em cinco TVs a cabo e uma TV comercial) e desenvolvimento de séries como “O Grande Teatro” para a TV Cultura em parceria com a TVE.

 

 

Devido a sua natureza multiplataforma, outros formatos surgiram: produção de longa-metragem (tanto ficção quanto documentário), desenho de grandes exposições (a Indústria Imaginária foi responsável pela montagem da retrospectiva da obra do designer Pierre Cardin pelo mundo), espetáculos de Som e Luz (uma iniciativa da Fundação Roberto Marinho em Petrópolis) e transmissões ao vivo pela TV de grandes eventos como o “São Paulo Fashion Week” pela DIRECTV.

 

 

Recentemente, a Indústria Imaginária desenvolve também a IMAGINARtv, uma televisão transmitida integralmente pela web, e está com vários projetos em andamento, dentre eles o lançamento do longa “O Inventor de Sonhos” e a produção da série “Audio Retrato”, um programa com 12 músicos como Fernanda Abreu, Gilberto Gil, Dinho Ouro Preto e Evandro Mesquita, onde narram um assunto que tenham vivenciado, que seja de interesse geral e que tenha impactado a trajetória e a música deles.

 

 

Para mais informações entre em contato – No Rio: Mayara Benatti :: mayara.benatti@agenciafebre.com.br

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.