Policiais de UPPs participam de curso de cidadania

Objetivo é aprimorar o atendimento às necessidades dos moradores
 

Curso cidadania policiaisReforçando a política de proximidade entre moradores e policiais nas comunidades pacificadas, 35 militares participam do 1º Curso de Cidadania e Assistência à População. Com foco na integração da Polícia Militar com redes de proteção social, governamentais e privadas, um PM de cada Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) será capacitado através de palestras que acontecem até o dia 19 de julho.

 

 

O curso terá seis edições e 200 policiais militares farão a qualificação. Depois das duas semanas de aulas, os PMs farão visitas às instituições e ONGs para desenvolverem um trabalho de conclusão. Entre os assuntos abordados estão Direitos Humanos, Gestão do Espaço Urbano e soluções de problemas das comunidades.

 

 

– Os policiais nas UPPs são abordados por moradores com ocorrências que são assistenciais. São casos que precisam ser encaminhados para os órgãos responsáveis. No curso, os policiais vão aprender e conhecer esses órgãos para conseguir auxiliar os moradores – explicou o coordenador-geral de Ensino e Instrução da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), tenente-coronel Gilbert Carvalho.

 

 

Entre as instituições que participam do curso estão o Viva Rio, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Atenção Psicosocial (CAPS) e ONGs. De acordo com o tenente-coronel, as informações serão passadas a todos que atuam em UPPs.

– O objetivo é termos seis policiais de cada unidade capacitados. Com isso, eles se tornaram multiplicadores – afirmou o policial.

 

 

Na UPP Jacarezinho, desde a inauguração, a soldado Iris Portela, de 33 anos, afirma que o curso ajuda a entender melhor os diferentes conflitos e necessidades de cada área pacificada.

– Entramos com a segurança, mas também temos que ajudar a atender melhor as necessidades da comunidade, dos moradores e também dos visitantes. Com o curso, nosso trabalho ficará mais qualificado – defendeu a soldado.

 

 

Pesquisadora do Viva Rio, Vânia Nascimento foi a responsável pela aula do módulo Gestão do Espaço Urbano.

– A grande maioria das comunidades começou a receber visitantes e turistas depois da pacificação. É fundamental pensar em como essa interação acontece e como essas pessoas devem ser orientadas – explicou Vânia.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.