Policiais federais protestam no Rio contra corrupção

Com o lema Abaixo à Corrupção e à Impunidade, Segurança tambem é Prioridade, os agentes levaram cartazes com os dizeres A Polícia Federal também precisa de reforma e A polícia é do povo e não do governo
 

Cerca de 50 agentes da Polícia Federal (PF) fizeram na manhã desta quarta-feira (10/07)  um protesto contra a corrupção e para pedir que a presidenta Dilma Rousseff inclua a segurança pública nos pactos firmados com governadores e prefeitos. A manifestação, começou em frente ao prédio da PF, na Praça Mauá, zona portuária da cidade, de onde o grupo seguiu para a Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade, onde se concentraram em frente à Igreja da Candelária.

 

Com o lema Abaixo à Corrupção e à Impunidade, Segurança tambem é Prioridade, os agentes levaram cartazes com os dizeres A Polícia Federal também precisa de reforma e A polícia é do povo e não do governo.

 

“Nós queremos que a segurança pública seja discutida, assim como saúde e a educação. Precisamos fazer uma reforma profunda na questão da investigação policial. O inquérito policial é uma coisa arcaica, burocrática, que não atende às necessidades da população. Só 10% dos crimes têm solução”, disse Valéria Manhães, presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Rio de Janeiro.

 

Os policiais pretendem reunir 10 mil assinaturas para levar ao Congresso Nacional, no próximo dia 16, com o objetivo de pressionar deputados e senadores a implementar a Frente Parlamentar de Segurança. Os agentes também defendem a valorização das demais carreiras das polícias. “A PF não é só feita de delegados. Eles são só 15% do corpo de funcionários. Temos agentes altamente capacitados, mas há uma fuga de talentos porque muitas vezes é difícil fazer investigações profundas e amplas”.

 

Agência Brasil

0 comentários