Sede do AfroReggae é reaberta no Complexo do Alemão

ONG é parceira do Estado em projetos culturais e na luta contra o tráfico
 

José Junior, fundador do Afroreggae, Beltrame, secretário estadual de segurança. (Foto: Salvador Scofano/Governo do Rio)Após interromper as atividades no Complexo do Alemão há pouco mais de uma semana, a ONG AfroReggae voltou a funcionar na comunidade nesta quarta-feira (31/07). O grupo cultural havia decidido deixar o local depois que uma pousada mantida pela ONG foi atingida por um incêndio ocorrido na madrugada do último dia 16 de julho.

 

O espaço foi reaberto na presença do Governador Sérgio Cabral, do vice-governador e coordenador de Infraestrutura Luiz Fernando Pezão, dos secretários de Segurança, José Mariano Beltrame, e Cultura, Adriana Rattes, e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Erir Ribeiro Costa Filho.

 

“Estamos aqui hoje para garantir a reabertura do AfroReggae, que faz um belo trabalho social e cultural, inclusive de recuperação de ex-traficantes, que a partir do projeto, encontram o caminho do bem. O AfroReggae é um dos ícones de cultura aqui no Alemão, que estimula talentos a produzirem arte e educação. Não temos ilusão de que há uma luta do bem contra o mal. O que não aceitamos é que o poder paralelo exista e ameace a comunidade”, afirmou o governador.

 

Governo do Estado

0 comentários