Símbolos da Jornada Mundial da Juventude chegam ao Rio de Janeiro

Para receber um público estimado em 3 mil pessoas, a direção do Hospital e da Associação São Vicente de Paulo organizaram segurança reforçada e remanejamento no fluxo de veículos, além de disponibilizar banheiros químicos e praça de alimentação
 

Jornada-Mundial-Juventude-2013A Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), chegaram sábado (6) à capital fluminense. Os símbolos passarão por 131 pontos do município até o dia 22, quando o papa Francisco chega ao Brasil e a JMJ começa oficialmente.

 

Os objetos foram apresentados às 7h30 em uma procissão que saiu da Igreja de São José, em Santa Cruz. No mesmo bairro, no Batalhão de Engenharia do Exército, dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, recepcionará a cruz e o ícone. Em seguida, os objetos serão levados para a Catedral Metropolitana do Rio, no Centro, na parte da tarde. A previsão é que a cruz e o ícone cheguem às 17h. Por último, os objetos vão passar pelos Arcos da Lapa, com um show de música religiosa a partir das 19h.

 

Nesse domingo (7), um livro de prata com uma ampola de sangue do papa João Paulo II seá exposta pela primeira vez no Brasil em uma missa na Igreja Santuário da Medalha Milagrosa, zona norte do Rio de Janeiro. Os objetos, denominados pela igreja como relíquias, somente podem circular com a presença de um cardeal do vaticano nomeado pelo papa. A missa será presidida pelo cardeal Stanisław Ryłko, responsável pelo relicário, e dom Orani Tempesta às 10h30. Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Cruz Sagrada e o ícone de Nossa Senhora, também farão parte da cerimônia.

 

 

Para receber um público estimado em 3 mil pessoas, a direção do Hospital e da Associação São Vicente de Paulo organizaram segurança reforçada e remanejamento no fluxo de veículos, além de disponibilizar banheiros químicos e praça de alimentação.

 

Agência Brasil

0 comentários